Segunda parte da minissérie em quatro edições apresenta um mundo onde os sons adquiriram forma física e consciência

Roterizada por Gabriel Arrais e desenhada por Abel, Savants of Sounds está de volta ao Catarse para a impressão do seu segundo volume da história não contada sobre o amigo imaginário da infância de Kurt Cobain. Dupla é a mesma responsável pela HQ Necromorfus.

Savants of Sounds apresenta um mundo onde seu amigo imaginário é a materialização de um som próximo como o som da água caindo enquanto sua mãe tomava banho, ou o som do motor do carro do seu pai se aquecendo para sair da garagem. Nessa realidade, todos os sons do nosso planeta – os que nunca param – adquiriram forma física, consciência e conseguem interagir entre si e com algumas crianças especiais e influenciaram a vida e os acontecimentos no nosso planeta.

Na primeira parte da história, que foi financiada através do Catarse, fomos apresentados a Boddah, a personificação consciente do som que sai de todas as guitarras do planeta. Assim como todos os outros sons conscientes, Boddah consegue deslocar seu corpo instantaneamente para qualquer lugar do mundo em que alguém esteja tocando uma guitarra.

A vida de marasmo de Boddah muda no dia em que ele encontra Stella, uma adulta que consegue enxergá-lo. Em meio a estas descobertas, um aplicativo de controle climático é usado como arma geofísica para criar caos e destruição no planeta. A segunda parte da história apresentará os desdobramentos da primeira edição.

“Dividimos Savants of Sounds em quatro partes. Já que o gibi apresenta personagens que se originaram a partir de instrumentos musicais, estruturei a história como uma boa canção pop, na qual o primeiro capítulo foi a Intro, agora teremos o Verso, e os próximos serão Refrão e Solo. Seguindo a linha de Necromorfus, Savants também tem ritmo cinematográfico, muitos easter eggs, referências a músicas e cultura pop”, conta Gabriel Arrais.

“Sempre achei que música e quadrinhos se completam de alguma forma orgânica, ainda que bem diferentes entre si. O ritmo visual de cada página nos sugere um clima e imagens sonoras que enriquecem, na mente, essa leitura silenciosa. Savants of Sounds eleva isso à máxima potência, pois a música é a vida e a própria existência dos personagens, com suas alegrias e angústias sonoramente humanas”, explica Abel.

O segundo volume de Savants of Sound terá 17 x 26cm, 44 páginas em cores e preço de capa de R$ 29,00. A nova HQ pode ser adquirida em conjunto com a edição número 1, com a graphic novel Petrus ou com qualquer uma das edições já lançadas de Necromorfus.

Para conferir todos os detalhes de “Savants of Sounds – Vol. 2” e apoiar essa iniciativa, visite a página do projeto no Catarse, clicando aqui.

Savants of Sounds está de volta ao Catarsehttps://impulsohq.com/wp-content/uploads/2020/09/Savants-of-Sounds-catarse-abel-gabriel-arrais.jpghttps://impulsohq.com/wp-content/uploads/2020/09/Savants-of-Sounds-catarse-abel-gabriel-arrais-150x150.jpgRenato LebeaunotíciasquadrinhosAbel,Catarse,Gabriel Arrais,Savants of SoundsSegunda parte da minissérie em quatro edições apresenta um mundo onde os sons adquiriram forma física e consciênciaRoterizada por Gabriel Arrais e desenhada por Abel, Savants of Sounds está de volta ao Catarse para a impressão do seu segundo volume da história não contada sobre o amigo imaginário da...O Impulso HQ é um site e canal no YouTube dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!