147_hugo-nani-daniel-esteves-2Quando se decide contar a história de uma viagem para a praia, a jornada em si pode ser uma divertida aventura. Os obstáculos que vão temperar o caminho podem, por exemplo, vir de encontros com figuras inusitadas, podem estar nas condições instáveis do veículo ou, no caso, podem vir da visão de mundo, digamos, intransigente, da sua companhia ao longo dos quilômetros até o litoral…

Com roteiro de Daniel Esteves e desenhos de Hugo Nanni, “147”, recente publicação do selo Zapata Edições/Petisco, que foi lançada durante o FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos, ocorre justamente isso, com boas pitadas de humor gráfico… e crítica, oras, pois vem mostrar o discurso de ódio das redes sociais!

Verdade seja dita, fora das linhas e traços dos quadrinhos, o atual momento histórico é marcado pela presença na TV de apresentadores truculentos, grotescos, e pelo uso predominante das redes sociais para dar voz a todo tipo de intolerância. Assim, amizades (novas ou antigas) morrem na velocidade de um clique, desgostoso com uma opinião divergente…

147_hugo-nani-daniel-estevesOs personagens do gibi, dois rapazes num Fiat modelo 147, singram pelas curvas da estrada para curtir uma praia, mas a referida visão de mundo de um deles reflete justamente o período atual, caracterizado pelo comportamento extremista tão largamente praticado nas redes sociais. Não obstante, o clima fecha por parte de um deles e paira a dúvida: será que vai dar praia?

O argumento e diálogos de Daniel Esteves e roteiro final e arte de Hugo Nanni, 147, faz pensar e diverte. Há no bate-papo entre os amigos uma situação tensa, baseada em elementos profundamente reais. E o alívio cômico vem muito bem embalado no traço de Hugo Nanni, que esbanja uma narrativa bem feita e detalhada mesmo através de formas minimalistas, que parecem encontrar influência no estilo de Gustavo Duarte (Có, Pavor Espaciar).

147_hugo-nani-daniel-esteves-3O fato é que o traço do artista está sensacional e cai como uma luva para a história, garantindo todos os elementos para que ela funcione e, de quebra, ele insere deliciosos easter eggs ao longo da estrada (então, fique atento, impulsivo leitor).

147 é diversão garantida, bem produzida e tem um desfecho muito legal. É um singelo exemplo da capacidade da nona arte. Mas então… vamos a praia de 147? Não, pera… antes que eu abra a porta, me diga qual tragédia é mais importante pra você: Paris ou de Mariana? #LeitoresDe147Entenderão

A obra será vendida no estande do Petisco durante os eventos em que o coletivo estará presente, no qual também acontecerá sessões de autógrafos. A edição também está à venda no site Zapata Edições e pelos e-mails [email protected] e [email protected].

147
Zapata Edições
Autores: Daniel Esteves e Hugo Nanni
24 páginas
15 x 22 cm
R$ 10,00

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2015/11/147_hugo-nani-daniel-esteves-4.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2015/11/147_hugo-nani-daniel-esteves-4-300x300.jpgDennis Rodrigoresenha hqb147,Daniel Esteves,Hugo Nanni,Zapata EdiçõesQuando se decide contar a história de uma viagem para a praia, a jornada em si pode ser uma divertida aventura. Os obstáculos que vão temperar o caminho podem, por exemplo, vir de encontros com figuras inusitadas, podem estar nas condições instáveis do veículo ou, no caso, podem vir...IMPULSO HQ é um site que se propõe a discutir histórias em quadrinhos e assuntos derivados como cinema, games e cultura pop em geral.