Em italiano, “strano” quer dizer “estranho”, mas não ouso tentar acertar a intenção da equipe criativa de uma das melhores publicações de quadrinhos independentes da nona arte no Brasil na hora de batizar sua criação. Na verdade, quando um autor experiente soma seu texto ao desenho de artistas de grande talento, não é de se “estranhar” que venha a surgir uma HQ excelente! Assim acontece com STRANO.

Publicada sob o selo Universo Onírico do Estúdio Daniel Brandão, a HQ apresenta três aventuras escritas pelo veterano Wilson Vieira (Il Piccolo Ranger, Cangaceiros – Homens de couro), ilustradas por Daniel Brandão (ManiComics, MSP50), Allan Goldman (Liga da Justiça, Comando V) e Fred Macêdo (Pium, ManiComics). Com tal time de artistas e a qualidade apresentada, a edição certamente irá figurar entre as pérolas raras de qualquer colecionador no futuro.

Em A Extorsão, somos conduzidos por Wilson e Daniel a Chicago dos anos 1940 para acompanhar uma narrativa detalhada, em clima noir, daquela que seja, talvez, a mais inusitada e incrível trama mafiosa já escrita, cujo desfecho proporciona uma surpresa tão fascinante quanto a morte de Hitler no filme Bastardos Inglórios (acreditem, vocês não fazem idéia do que estou falando). Os desenhos de Daniel Brandão estão impecáveis e em STRANO seu estilo lembra particularmente o soberbo traço de Dave Gibson em Watchmen.

Coulrophobia é retratada por Allan Goldman, que nos leva as vinhas da loucura na companhia do Sr.Connely, personagem acima de qualquer suspeita e que protagoniza a história. A dualidade da narrativa, que oscila entre a realidade e a demência, instigam o leitor e dão a Goldman a possibilidade de mostrar o melhor de sua arte.

Na última história da revista, Evolution, Wilson envereda pela ficção científica contando com os desenhos de Fred Macêdo, que exibe capricho e riqueza de detalhes durante toda a narrativa. O texto demonstra o esmero do autor com o tema e arte inspirada renova a leitura digna do questionamento “eram os deuses astronautas?”.

STRANO ainda reserva espaço para dois bem-vindos extras: o making-off de A extorsão e uma entrevista com Wilson feita pelo editor Daniel Brandão. De fato, será estranho se alguém que se diga fã de quadrinhos não venha a procurar esse trabalho magnífico e independente, que só tem o defeito de deixar aquele gostinho tipicamente mensal de “quero mais” sabendo que isso não vai acontecer. Ou será que vai? Não seria de se estranhar…

STRANO
Edição: Daniel Brandão
Roteiros: Wilson Vieira
Desenhos: Allan Goldman, Daniel Brandão e Fred Macêdo.
Formato A5
Capa colorida
Miolo P&B
36 páginas
Publicação independente
R$ 7,00 (frete incluso)
Contato: daniel.s.brandao@gmail.com

Dennis Rodrigoresenha hqbAllan Goldman,Daniel Brandão,Fred Macedo,HQB,resenha,Strano,Wilson VieiraEm italiano, “strano” quer dizer “estranho”, mas não ouso tentar acertar a intenção da equipe criativa de uma das melhores publicações de quadrinhos independentes da nona arte no Brasil na hora de batizar sua criação. Na verdade, quando um autor experiente soma seu texto ao desenho de artistas de...IMPULSO HQ é um site que se propõe a discutir histórias em quadrinhos e assuntos derivados como cinema, games e cultura pop em geral.