Dia desses, Luciano Ramos (estudioso de cinema e quadrinhos) no seu programa “Cinema Falado” dizia a respeito do lançamento em DVD do filme “O Fantasma do Paraíso” de 1974, do de Brain de Palma. Na época, muita gente torceu o nariz para a releitura em forma de musical de rock de dois textos: Dr. Fausto e O Fantasma da Ópera. Segundo Ramos, o diretor consegue transformar esses dois livros em uma terceira obra com muitas qualidades. Acredito que alguns vão ter a mesma atitude com a relação aos volumes do Cânone Gráfico, da Boitempo Editorial.

Nesse segundo volume a viagem continua. Uma viagem pelo mundo da literatura mundial com o acréscimo dos quadrinhos. Essa encorpada e fantástica antologia reúne adaptações feitas por talentosos artistas visuais e no volume dois os clássicos do século XIX como Orgulho e preconceito (Jane Austen), Frankenstein (Mary Shelley), Moby Dick (Herman Melville), Folhas de relva (Walt Whitman) vão encantar você com novas imagens.

Como diz Russ Kick na sua introdução, “a literatura clássica é mais estimulante, relevante e subversiva do que geralmente se acredita…” por isso o casamento com os quadrinhos é perfeito. É só ler os resumos em três quadros de Lisa Brown para perceber isso.

A Boitempo Editorial traz com esse projeto, uma bela introdução no mundo da literatura e dos quadrinhos. Com esse segundo volume de peso e editora continua fazendo o excelente trabalho editorial que apresentou no primeiro volume da coleção e amplia para os leitores a possibilidade de que quadrinhos é uma linguagem gráfica que pode ser explorada em qualquer texto e em qualquer lugar ou século.

Como destaque, eu menciono aqui a colaboração do talentoso ilustrador brasileiro Kako com sua releitura de Crime e Castigo, de Fiódor Dostoiévski.

A obra é um mosaico com poemas, filosofia, contos, novelas e romances e tem como a melhor característica uma riqueza extraordinária, ou melhor, “uma rica tapeçaria” nas palavras de Russ Kick.

A obra fala tanto por si só que a texto de apresentação já diz tudo o que eu gostaria de resumir:

… um livro sem igual, tão diverso quanto o público que almeja, podendo ser utilizado em sala de aula ou como referência para quem deseja se familiarizar com os clássicos e não sabe por onde começar. A seleção aqui apresentada é de inegável valor, a prova física de que é possível fazer um projeto ousado e acessível. Uma leitura deliciosa, distribuída ao longo de quase 500 páginas e 50 títulos de tirar o fôlego.

Cânone Gráfico é para ler, reler, presentear os amigos, filhos, namorada, enfim… um presentaço para todos aqueles que amam a literatura e quadrinhos, ou como eu que comecei pelos gibis e fui para os livros e nunca abandonei nenhum dos dois.

Cânone Gráfico II – Clássicos da literatura universal em quadrinhos
Editora Boitempo Editorial – Barricada
Organização: Russ Kick
Tradução: Alzira Allegro e Flávio Aguiar
Acabamento Brochura
21,5 x 27 cm
488 páginas
R$ 132,00

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2017/04/canone-grafico-volume-2.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2017/04/canone-grafico-volume-2-150x150.jpgFloreal AndradeNas bancas / Nas livrariasAlzira Allegro,Barricada,Boitempo,Cânone Gráfico,Flávio AguiarDia desses, Luciano Ramos (estudioso de cinema e quadrinhos) no seu programa “Cinema Falado” dizia a respeito do lançamento em DVD do filme “O Fantasma do Paraíso” de 1974, do de Brain de Palma. Na época, muita gente torceu o nariz para a releitura em forma de musical de...IMPULSO HQ é um site que se propõe a discutir histórias em quadrinhos e assuntos derivados como cinema, games e cultura pop em geral.