verao_indio.jpg

Depois de ser adquirida pelo Grupo Ibep-Nacional, a Conrad volta a publicar quadrinhos, e lança um clássico dos mestres Hugo Pratt e Milo Manara, trata-se de Verão Índio, obra que foi considerada uma das 100 melhores HQs do século XX em eleição realizada no Festival Internacional de Amadora, em Portugal, em 2005.

Abaixo segue sinopse da obra:

Numa praia deserta, a jovem sobrinha do pastor de um vilarejo puritano dos EUA do século XVII é atacada e violentada por dois guerreiros indígenas.

Ironicamente, porém, acaba sendo salva e vingada por um membro de uma família discriminada por todos após ser estigmatizada por seu tio.

Começa então uma batalha de grandes proporções, que alterará para sempre o destino da gente local.

Em Verão Índio, dois grandes mestres dos quadrinhos italianos se valem da ficção para contar um dos mais sangrentos capítulos da conquista do continente americano: a luta entre índios e europeus nos primeiros séculos de colonização.

Um clássico dos quadrinhos, narrado com a maestria habitual de Hugo Pratt, ilustrado com o traço inconfundível de Milo Manara e considerado uma das 100 melhores HQs do século XX em eleição realizada no Festival Internacional de Amadora, em Portugal, em 2005.

Os autores:

Hugo Pratt nasceu em Veneza, Itália, em 1927. Estreou como roteirista e desenhista em 1945 em sua cidade natal. Quatro anos depois se mudou para a Argentina, onde trabalhou com o grande roteirista Hector G. Oesterheld (1919-1977).

Em 1962, retornou à Itália e lançou a revista Sgt Kirk, onde surgiria seu personagem mais marcante, Corto Maltese. Nos anos 70 e 80, as histórias do marinheiro se tornaram um sucesso de público e de crítica em todo o mundo.

Aventureiro de espírito livre, Pratt continuou a viajar pelo mundo até morrer, vítima de câncer, em agosto de 1995.

Milo Manara nasceu em 1945, em Luson, extremo nordeste da Itália. Tentou a arquitetura e a pintura, mas se consagrou mesmo nos quadrinhos. Estreou como ilustrador ainda nos anos 1950.

Nos anos 60 e 70, publicou nas revistas Terror, Telerompo, Corriere dei Ragazzi e nas francesas Alter-Linus e Charlie Mensuel. No final dos anos 70 e nos anos 80, o trabalho na Pilote e a parceria com Federico Fellini fizeram seu trabalho decolar.

Em 1983, iniciou a publicação de Clic, que faria de Manara sinônimo de requinte erótico.

Verão Índio
Editora Conrad
Hugo Pratt e Milo Manara
Tradutor: Idalina Lopes
21 x 27 cm
152 páginas
Capa dura
R$ 49,90

Renato Lebeauquadrinhosconrad,Festival Internacional de Amadora,Hugo Pratt,Milo Manara,Verão ÍndioDepois de ser adquirida pelo Grupo Ibep-Nacional, a Conrad volta a publicar quadrinhos, e lança um clássico dos mestres Hugo Pratt e Milo Manara, trata-se de Verão Índio, obra que foi considerada uma das 100 melhores HQs do século XX em eleição realizada no Festival Internacional de Amadora, em...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe