Copiado do Blog dos Quadrinhos

Troféu entregue aos vencedores do prêmio terá a forma de Samurai, personagem criado por Cláudio Seto
A comissão organizadora do 20º Troféu HQMix divulgou nesta segunda-feira os homenageados da edição deste ano da premiação.

O troféu é a principal premiação da área de quadrinhos do país.

A categoria grande mestre terá, pela primeira vez, cinco homenageados de uma só vez: Ypê Nakashima, Fernando Ykoma, Minami Keizi e os irmãos Paulo e Roberto Fukue.

A escolha deles está ligada ao centenário da imigração japonesa no Brasil, comemorado este ano.

Na categoria grande contribuição à linguagem dos quadrinhos, foram destacados o desenhista Luís Gê, Ricardo Antunes (autor do “Guia do Ilustrador”) e os integrantes do selo independente 4º Mundo.

***

Luís Gê foi lembrado pela produção de uma inovadora história em quadrinhos -“Borba Gata”- no corpo de uma manequim de vitrine.

O desenhista foi muito atuante a década de 1980 (mais aqui). Participou, por exemplo, da extinta revista “Circo”, que trazia também histórias de Laerte, Angeli e outros.

Ricardo Antunes escreveu um manual de orientação para novos e antigos ilustradores saberem os direitos que têm na hora de atuar profissionalmente.

O “Guia do Ilustrador” pode ser baixado de graça pela internet. E se tornou uma espécie de referência na área.

Segundo a comissão do HQMix, é acessado por mais de 40 países.

O ilustrador brasileiro virá de Portugal, onde mora, para receber o prêmio.

O 4º Mundo é o nome dado ao selo que reúne autores independentes brasileiros. O grupo surgiu no ano passado e tem ganhado adeptos e repercussão desde então.

Atualmente, o selo publica tanto histórias impressas quanto virtuais, principalmente no blog do grupo.

***

Ypê Nakashima realizou o primeiro longa-metragem de animação brasileiro feito em cores. A lembrança do nome dele se deve a essa produção, que não viveu para assistir.

Será a primeira vez que o HQMix dá um troféu de grande mestre a uma pessoa já falecida.

Os demais homenageados nessa categoria estiveram ligados à extinta editora Edrel.

A editora que publicou quadrinhos com temática oriental. O material foi produzido no Brasil entre o fim da década de 1960 e o início da seguinte.

Uma das revistas da Edrel era “Samurai”, criação do nissei Cláudio Seto.

O personagem de Seto será homenageado por meio da estátua que será entregue a cada um dos vencedores.
A imagem mostrada no início desta postagem é a versão final do troféu, feito pelo artista plástico Olintho Tahara.

A editora Devir vai publicar um álbum com as histórias de “Samurai”. O lançamento estava previsto para junho, mas foi adiado por dificuldade na edição dos originais.

***

As categorias grande mestre e contribuição à linguagem dos quadrinhos são definidas pela comissão organizadora do prêmio.

Outra, a de teses científicas, também fica a cargo da comissão. Mas os vencedores ainda não foram divulgados.

As demais categorias da premiação são escolhidas por meio de voto.

Cerca de 2 mil pessoas, 800 a mais do que na edição passada, têm direito à votação. Todas são ligadas à área.

O resultado já é conhecido pela comissão organizadora. A divulgação deve ocorrer na próxima quinta-feira.

Os nomes que concorrem foram noticiados pelo blog em maio.

***

A entrega oficial dos prêmios será no dia 23, às 20h, no teatro do Sesc Pompéia, em São Paulo (rua Clélia, 93). A apresentação será de Serginho Groisman, da TV Globo.

Antes, às 19h, vai haver exibição de três curtas-metragem: o baseado em uma história da revista independente “Quadrinhópole”, “O Samurai de Curitiba”, um documentário sobre Cláudio Seto, e o premiado “Dossiê Rê Bordosa”.

Vai ser exibido também um clipe do longa-metragem com os “Los Três Amigos”, que está sendo produzido. Os personagens são criações caricatas de Angeli, Laerte e Glauco.

***

O Troféu HQMix foi criado em 1988, no programa “TV Mix”, da TV Gazeta. O “mix” do prêmio vem daí.

O programa tinha um quadro de quadrinhos, comandado por Gualberto Costa (o Gual) e José Alberto Lovetro (O JAL). A idéia de criar a premiação partiu deles.

Desde então, os dois integram a comissão organizadora do troféu, que se tornou o principal do país. Neste ano, a presidência da comissão ficou a cargo da pesquisadora Sonia Luyten.

Groisman apresentou a primeira premiação. E tem repetido a tarefa nos 20 anos de HQMix.

Copiado do Blog dos Quadrinhos

Renato LebeauquadrinhosCláudio Seto,Troféu HQMIXCopiado do Blog dos Quadrinhos Troféu entregue aos vencedores do prêmio terá a forma de Samurai, personagem criado por Cláudio Seto A comissão organizadora do 20º Troféu HQMix divulgou nesta segunda-feira os homenageados da edição deste ano da premiação. O troféu é a principal premiação da área de quadrinhos do país. A categoria...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe