Diretamente do Murlocks

Inicialmente com o roteiro desenvolvido para o cinema, o projeto The Lost Kids sofreu um processo inverso a qual nos estamos acostumados, isto é, deixou o universo das telonas para se tornar uma minissérie em quadrinhos.

O projeto conta com uma equipe criativa bastante diversificada – fator que contribuiu para o trabalho ficar ainda mais interessante – incluindo colaboradores das mais variadas nacionalidades tendo Felipe Cagno como criador e escritor; os ilustradores: Ben e Joey Vazquez, Rafael de Latorre, Wilton dos Santos, René Córdoba, Noel Rodriguez, Luís Figueiredo, Ivan Anaya, César Rafael Gaspar; e os coloristas: Everardo Orozco, Eddy Swan, Nicolas Chapuy e Clonerh.

Um dos detalhes mais curiosos do projeto é que minissérie toda foi produzida pela Web, a equipe criativa nunca se conheceu pessoalmente, com exceção dos brasileiros que se conheceram na Quanta Academia de Artes.

Na sinopse apresentada por Cagno, o leitor conhecerá:

Jean “JJ” é uma garota tímida que quando perde seus pais adotivos vai passar alguns dias no seu vizinho e melhor amigo, Tommy. Nossa aventura começa quando eles recebem um misterioso pacote endereçado à JJ.

JJ e Tommy abrem o pacote no colégio, ao lado dos colegas Kate & Peter Beaux e Sarah Beckin. Dentro dele uma esfera que lança raios de luz, e em um piscar de olhos, os cinco adolescentes desaparecem…

É nesse fantástico novo mundo que os Lost Kids vão ter que deixar as diferenças de lado para encontrarem uma maneira de voltarem para suas vidas normais.

E a única esperança deles é encontrarem a mítica cidade de Samarkand, berço dos Deors, uma poderosa e extinta civilização que talvez tenha descoberto outros mundos e como navegarem entre eles.

Como podemos perceber pela sinopse, a história da HQ trata de um grupo de adolescentes que são transportados para um universo totalmente fantástico, onde se mistura magia e tecnologia steampunk com características feudais, deixando o mundo de The Lost Kids com certo ar conflituoso, onde características totalmente distintas fazem parte da mesma realidade, possibilitando o surgimento de personagens bastante interessantes.

Assim, para eles poderem sair desse mundo precisarão se juntar a personagens curiosos e enfrentar uma série de aventuras na busca do caminho de volta, com a grande sacada de nenhum deles possuir super-poderes, ou seja, para eles superarem os obstáculos que surgem em sua jornada terão que deixar as diferenças de lado e se unir para poderem enfrentá-los e superá-los.

A minissérie tem previsão para ser lançada em fevereiro de 2013 em sete volumes. Segundo Felipe, a HQ será lançada tanto aqui no Brasil, quanto nos Estados Unidos.

Para mais informações acessem a página oficial deles no Facebook.

Renato LebeauquadrinhosBen Vazquez,César Rafael Gaspar,Clonerh,Eddy Swan,Everardo Orozco,Felipe Cagno,Ivan Anaya,Joey Vazquez,Luís Figueiredo,Nicolas Chapuy,Noel Rodriguez,Rafael de Latorre,René Córdoba,The Lost Kids,Wilton dos SantosDiretamente do Murlocks Inicialmente com o roteiro desenvolvido para o cinema, o projeto The Lost Kids sofreu um processo inverso a qual nos estamos acostumados, isto é, deixou o universo das telonas para se tornar uma minissérie em quadrinhos. O projeto conta com uma equipe criativa bastante diversificada – fator...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe