Diretamente do SOC! PUM! POW! – por Doctor Doctor

Há 5 meses o escritor J.M. Straczynski causou bastante barulho ao anunciar as mudanças radicais que iria inserir em dois dos maiores ícones da DC em suas revistas mensais. Após os leitores discutirem e comentarem a exaustão eis que a DC anuncia que Straczynski simplesmente sairá dos dois títulos.

O anúncio foi feito no The Source, o blog oficial do Universo DC, e trouxe a informação de que a saída do autor seria para que ele pudesse se dedicar ao projeto Terra Um da editora, o qual já havia sido anunciado anteriormente e que traz uma leitura mais moderna dos heróis da editora. Em outras palavras a versão ultimate para os heróis da DC.

Ao lado do desenhista Shane Davis, Straczynski é autor de Superman: Earth One, graphic novel lançada nos EUA em outubro deste ano e que parece ter sido um sucesso ao apresentar a versão “Superman Crepúsculo”. Tanto sucesso que a continuação já está sendo planejada pela DC, sendo este o motivo anunciado pelo afastamento do escritor dos títulos do Homem de Aço e da Amazona.

No entanto, os arcos e mistérios iniciados por ele irão continuar. A partir da edição de janeiro, Superman nº 707, as andanças do herói ao longo dos EUA no arco “Grounded” serão contadas por Chris Roberson, autor de I, Zombie e Cinderella: Fables are Forever. Nesta edição os desenhos serão do brasileiro Alan Goldman (Comando V; Liga da Justiça), mas no mês seguinte, na edição nº 708, na qual o arco será concluído, a arte ficará a cargo do artista atualmente responsável pelo título, o mineiro Eddy Barrows.

O mistério também continua na vida da Mulher-Maravilha e ela permanece na trilha de quem é o responsável por ter alterado toda sua linha cronológica. No entanto, quem dá continuidade a polêmica fase é o ótimo escritor Phil Hester (Arqueiro Verde: O Espírito da Flecha) ao assumi-la em Wonder Woman nº 605. O desenhista desta edição e da seguinte será Eduardo Pansica. O artista responsável pelo título, Don Kramer, estará de volta na edição de março, nº 608.

“Originalmente vim para a DC para fazer Superman: Earth One que, naquela época, era um projeto altamente secreto e ninguém sabia sobre isso”, disse Straczynski ao The Source. “Eu assumi Brave and the Bold por um tempo para ter alguma diversão e pegar o ritmo do Universo DC. Então assumi as mensais do Superman e da Mulher-Maravilha na teoria de que eu teria tempo para escrever as 12 edições antes de me comprometer com Earth One. Mas, quando os número começaram a chegar e a necessidade de planejar os próximos volumes se tornou evidente para que conseguissemos aproveitar o momento, eu soube que não haveria meios de eu escrevê-los e as mensais simultaneamente”.

O autor afirmou que a DC possui suas anotações sobre o rumo dos arcos iniciados em Superman e Wonder Woman e que Roberson e Hester serão capazes de dar continuidade nas tramas.

Bem, o que posso dizer sobre isso? Tenho certeza que em uma época na qual os adolescentes só fazem chorar e suspirar em sofrimento um Superman aos moldes da série Crepúsculo deve ter, de fato, explodido em vendas. Um Homem de Aço de 21 anos, “inexperiente e em conflito”, como disse Dan Didio, é sem dúvida um prato cheio para os adoradores dos emopiros. O lucro da venda desta graphic novel deve ter sido tamanho que os “executivos dcnéticos” não pensaram duas vezes em realocar Straczynski.

Porém, acredito também que se o trabalho que o autor estava realizando nas revistas mensais tivesse tido uma maior aceitação dos leitores a situação talvez tivesse sido diferente. Afinal, quem acompanha o SOC! e as novidades sobre os quadrinhos já sabe que nem as mudanças causadas no Super e muito menos em Diana agradaram aos fãs. Muito pelo contrário, vem sendo constantemente comparadas ao deserviço prestado ao Homem-Aranha por Joe Quesada.

Enfim, se os leitores querem saber minha opinião quem saiu ganhando com isso fomos nós – e os personagens – pois Superman contará agora com um escritor vindo diretamente do selo Vertigo e cujas obras estão sendo bastante elogiadas e Diana passa a ser conduzida pelo responsável por ter transformado um dos maiores “buchas” da DC em um dos personagens mais legais da editora. E mais, com certeza toda a bagunça causada por Straczynski será encerrada nos próximos meses.

Diretamente do SOC! PUM! POW! – por Doctor Doctor

Renato LebeauquadrinhosDC Comics,mulher maravilha,Straczynski,SupermanDiretamente do SOC! PUM! POW! – por Doctor Doctor Há 5 meses o escritor J.M. Straczynski causou bastante barulho ao anunciar as mudanças radicais que iria inserir em dois dos maiores ícones da DC em suas revistas mensais. Após os leitores discutirem e comentarem a exaustão eis que a DC...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe