sao-paulo-dos-mortos-capa-frente-peq-651x1024Daniel Esteves é um dos mais prolíficos – se não o mais prolífico – roteiristas dos quadrinhos nacionais, tendo escrito diversas HQs como KM Blues; O louco, a caixa e o homem; A luta contra Canudos e a série Nanquim Descartável, além de inúmeras histórias curtas publicadas em diversas coletâneas.

Esteves é um autor versátil escrevendo em gêneros como drama, aventura, romance e terror. Este último é o gênero pelo qual envereda a publicação São Paulo dos mortos, financiada por meio do site Catarse (de financiamento coletivo) e realizada em parceria com os artistas Al Stefano, Alex Rodrigues, Alexandre Santos, Ibraim Roberson, Jozz, Laudo Ferreira, Lucas Perdomo, Omar Viñole, Samuel Bono, Wagner de Souza, Wanderson de Souza e Will.

A publicação apresenta 6 histórias curtas (contando com o prólogo) e ilustrações que giram em torno do tema zumbis.

SaoPauloMortosP3É uma tarefa árdua tratar de um tema já tão explorado como esse e a primeira HQ da edição (não contando o prólogo) decepciona logo de cara: a história se passa dentro do metrô de São Paulo e mais ou menos nos apresenta como se deu o apocalipse zumbi na terra da garoa. Uma pena que o autor não aproveite todas as possibilidades narrativas que esse ambiente poderia proporcionar. O excesso de legendas, os próprios textos contidos nessas legendas, a narrativa truncada e a “surpresa” no final da trama tornam a história maçante e previsível.

Felizmente as coisas começam a mudar a partir daí. A história seguinte trata de forma trágica, e até certo ponto divertida, sobre amor, sacrifício e rejeição. Aqui o autor consegue dar uma abordagem fora do lugar comum ao tema proposto e mesmo a persistente presença das legendas não compromete a narrativa, isso graças também à arte da experiente dupla Laudo Ferreira e Omar Viñole. Destaque especial para os cenários da trama.

letras-estacaoDesse ponto em diante até o final da edição o que lemos são histórias de zumbis com abordagens originais.

Uma originalidade que Esteves consegue ao incorporar elementos e costumes de nossa sociedade ao tema. Analisando friamente, uma originalidade que surge também pela carência de zumbis nas artes narrativas brasileiras (de obras recentes que tratam do tema, excluindo a produção independente de difícil acesso e consequente baixa repercussão, consigo lembrar apenas dos livros Apocalipse Zumbi e Branca dos mortos e os 7 zumbis, de Alexandre Callari e Fabio Yabu, respectivamente. Os saudosos quadrinhos nacionais de terror de mestres como Julio Shimamoto, Eugenio Colonnese, Flavio Colin, Mozart Couto e muitos outros já se vão distantes no tempo e na memória).

Nesse sentido, ponto para Esteves que soube encaixar nas histórias diversos aspectos de nossa cultura como a paixão pelo futebol, nosso humor inabalável e a beleza das mulheres. Mas o autor não deixou de lado as chagas da sociedade brasileira, abordando temas espinhosos como drogas, nossa eterna insatisfação política, a corrupção e a violência policial – a obra começa com uma citação a uma retomada de posse marcada pela violência policial, um episódio trágico no estado de São Paulo que ficou conhecido como “O massacre do Pinheirinho”.

03Tudo isso, aliado à variação entre humor e crítica social a cada virar de página, deixa as histórias muito mais próximas do leitor e, consequentemente, muito mais saborosas de se ler. Um exemplo é a HQ Itaquerão, que narra a mais inusitada partida de futebol que você vai ver por aí e que apresenta diálogos divertidíssimos, porém nada politicamente corretos, sobre virgindade e como perdê-la numa época em que os zumbis dominam a terra.

É uma publicação recomendada não só para fãs de zumbis, mas também para todas as pessoas que procuram histórias com abordagens diferenciadas.

São Paulo dos mortos
Edição Independente
Roteiro: Daniel Esteves
Arte: Al Stefano, Alex Rodrigues, Alexandre Santos, Ibraim Roberson, Jozz, Laudo Ferreira, Lucas Perdomo, Omar Viñole, Samuel Bono, Wagner de Souza, Wanderson de Souza e Will
96 páginas
R$ 25,00
Novembro de 2013

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2014/07/url2.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2014/07/url2-300x300.jpgAlexandre Manoelresenha hqbAl Stefano,Alex Rodrigues,Alexandre Santos,Daniel Esteves,Ibraim Roberson,Jozz,Laudo Ferreira,Lucas Perdomo,Omar Viñole,Samuel Bono,São Paulo dos Mortos,Wagner de Souza,Wanderson de Souza,WillDaniel Esteves é um dos mais prolíficos – se não o mais prolífico – roteiristas dos quadrinhos nacionais, tendo escrito diversas HQs como KM Blues; O louco, a caixa e o homem; A luta contra Canudos e a série Nanquim Descartável, além de inúmeras histórias curtas publicadas em diversas...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe