questao-de-karmaEm 1991 no antigo Cine Metro na Avenida São João assisti um dos meus filmes favoritos, “Voltar a Morrer” (Dead Again), dirigido e estrelado por Kenneth Branagh e Emma Thompson. A produção do gênero policial com toques de noir (já que uma parte do filme era em branco e preto) conta com um roteiro bastante original: um detetive particular descobre uma ligação em uma vida passada com uma mulher que ele investiga.

Não sei se você acredita, mas muita gente pode atribuir muito dos nossos percalços da vida ao Karma, conceito da religião budista, hinduísta e jainista, e posteriormente também adotado pelo espiritismo. Na HQ “Questão de Karma” de Laudo Ferreira e Alexandre Santos, assim como no filme, a sensação que mais marca é que “na vida anterior uma porta foi aberta e ela tem que ser fechada agora”.

Escrito por Laudo no final dos anos 1990 e desenhado por Alexandre, “Questão de Karma” é o primeiro trabalho da dupla em conjunto e foi lançado em 2015 pelo Quadro Imaginário, selo de quadrinhos independentes do Estúdio Banda Desenhada, de Laudo e Omar Viñole. E usando as palavras do próprio Laudo, “Questão de Karma” é “uma história de humor negro com fortes doses de tragédia”.

questao-de-karma-2A arte de Alexandre pode incomodar no começo. Por vezes “suja” e com os contornos dos quadros parecendo ser executados à mão, se o apoio de nenhuma ferramenta retilínea, pode dar o aspecto que a HQ é um grande layout não finalizado, mas a sensação passa quando você repara na escolha dos ângulos e definição dos personagens, principalmente nas suas expressões. Fica claro que essa é linguagem que o quadrinhista quis usar nessa obra.

Você que está acostumado ou que só conhece Laudo por seu trabalho em Yeshuah (que é excelente) não espero um roteiro com profundidade sobre questões espirituais, até porque não é isso que define o trabalho de Laudo. O autor já passou por vários gêneros e aqui tudo gira muito rápido em torno de uma premissa “um dia péssimo pode ficar surpreendentemente pior”.

Entendam, não é filosófico, mas também não é banal. Nosso personagem principal, Carmo, vai pular do viaduto do Chá em São Paulo e quando é salvo pelo psicólogo Luiz Claudio, Carmo diz que não importa se ele foi salvo naquele momento “…estou condenado”.

questao-de-karma-3São nos pensamentos de Carmo e em suas palavras que entendemos o significado do título da HQ. “Sempre fui um cara normal, alegre, brincalhão e sem muitos problemas”, mas as coisas não vão bem. Assistimos a luta do personagem. Seu mundo desabando, problemas de saúde, no trabalho e a sua busca de conforto em casa. Mas se ele é uma pessoa boa, por que está dando tudo errado?

Luiz Claudio tranquiliza Carmo e diz que as coisas não são bem assim, e parte para uma terapia à base de hipnose. Mas até lá, hipnotizado Carmo tem uma visão terrível sobre a sua vida, ou suas vidas. O fato é que ele pode ter encontrado a chave que, talvez, explique tudo.

Será que com a ajuda do psicólogo as coisas vão entrar nos eixos novamente?

Mas para saber o final só lendo a bacana HQ de Laudo e Alexandre. Afinal, o bom será devolvido com bom. Ler uma boa HQ é devolvido com uma boa satisfação intelectual.

Questão de Karma
Quadro Imaginário
Roteiro: Laudo Ferreira
Arte: Alexandre Santos
24 páginas
Capa colorida
Miolo preto e branco
21 x 28 cm
R$ 10,00

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2016/07/questao-de-karma-1.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2016/07/questao-de-karma-1-300x300.jpgFloreal Andraderesenha hqbAlexandre Santos,Laudo Ferreira,quadro imaginário,Questão de KarmaEm 1991 no antigo Cine Metro na Avenida São João assisti um dos meus filmes favoritos, “Voltar a Morrer” (Dead Again), dirigido e estrelado por Kenneth Branagh e Emma Thompson. A produção do gênero policial com toques de noir (já que uma parte do filme era em branco e...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe