A coleção Clássicos do Cinema Turma da Mônica é mais uma das grandes sacadas de Mauricio de Sousa e toda a sua equipe. Misturar o universo da turminha com as histórias que emocionaram na grande tela gera aventuras inusitadas e é claro, como não poderia deixar de serem, engraçadíssimas.

E em Peraltas do Caribe você encontra justamente isso, situações inusitadas e engraçadas. A história é uma sátira ao primeiro filme da franquia Piratas do Caribe, “A Maldição do Pérola Negra”, e tem como personagem principal o Cebolinha, que aqui vive o Cebolek Spilo, ou melhor dizendo, Capitão Cebolek Spilo.

A mistura desses dois universos possibilitou que a liberdade criativa fosse muito bem utilizada para agradar diversos tipos de leitores. O trunfo aqui foi que o roteirista soube aproveitar as características originais de cada personagem da Turma da Mônica e transforma-los nos peraltas. Inclusive essa liberdade foi tanta que permitiu a aparição de personagens que nem estariam no filme, que é o caso de Tia Dalmônica, que tem passagens hilárias na trama.

Lembra que falamos que a publicação agrada a vários tipos de leitores? Então, isso fica evidente quando você começa a observar os níveis de leitura, ou as piadas gráficas, encontradas em Peraltas do Caribe.

O leitor que nunca viu o filme vai se divertir, pois a história bem elaborada e gostosa de ler e não se prende fielmente à película. Quem já conhece a saga de Jack Sparrow e é fã do pirata e sua trupe não vai deixar de reconhecer algumas passagens do filme e irá se surpreender com a transposição caricata que é executada na publicação.

E é claro, não podemos deixar de mencionar as passagens direcionadas para os leitores que acompanham os quadrinhos fora das páginas dos quadrinhos. Tem como não rir vendo Sidney Gusman como Gusmão em uma conversa de grande importância com o governador Maurício? E como não deixar de perceber o encontro de vários piratas famosos (dos quadrinhos e do cinema) em Tortuga?
E também vai uma dica para quem gosta de analisar roteiro: Peraltas do Caribe é um prato cheio!

Não bastasse o desafio de ser uma adaptação que reúne dois universos (o que não é nada fácil), a narrativa em alguns momentos usa como solução para o enredo um dos artifícios mais difíceis de lidar: a metalinguagem.

Explicando: basicamente metalinguagem é quando você utiliza elementos que subvertem a própria linguagem (nesse caso a dos quadrinhos), e o que vemos em Peraltas do Caribe é esse atifício sendo usado para o que em teatro se chama de quebra da quarta parede, ou seja, o personagem dialoga com o leitor, e diz que você leitor está lendo uma história em quadrinho. O grande perigo desse artifício é que ele pode distanciar o leitor, fazendo-o perder todo o interesse na ação. A grande sacada no roteiro foi usar isso a favor das piadas e justificar as aparições, fazendo o leitor ir para o universo da Turma da Mônica, que por si só já é muito interessante e cheio de peculiaridades. Isso foi genial!

Detalhes sobre como a história apresenta e resolve questões como a maldição do Pérola Negra, qual é o feitiço que recai sobre os peraltas e suas vilanias e qual é o valioso tesouro, sinceramente não iremos colocar neste post, pois não queremos estragar a boa leitura que é Peraltas do Caribe.

E para aqueles que se perguntam se essa saga de peraltices terá uma continuação, fiquem sabendo que tudo indica que sim, e isso não é spoiler, já que é de conhecimento geral que a franquia dos Piratas do Caribe é uma trilogia. Agora só nos resta apenas esperar pelo próximo filme, ops, que dizer, edição!

Peraltas do Caribe
Clássicos do Cinema nº 30
Editora Panini
revista bimestral
19 x 27,5 cm
48 páginas
R$ 5,50

ATUALIZAÇÃO

Hoje, 27 de abril de 2012, acontece um sorteio via twitter. Iremos sortear três exemplares de Peraltas do Caribe via Twitter. Participe!

Renato Lebeauresenha hqbHQB,Mauricio de Sousa,Panini,Peraltas do Caribe,resenha,turma da MônicaA coleção Clássicos do Cinema Turma da Mônica é mais uma das grandes sacadas de Mauricio de Sousa e toda a sua equipe. Misturar o universo da turminha com as histórias que emocionaram na grande tela gera aventuras inusitadas e é claro, como não poderia deixar de serem, engraçadíssimas. E...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe