Orixás – do Orum ao Ayê, de Alex Mir, Caio Majado e Omar Viñole, apresenta ao leitor algumas lendas da religião candomblé.

O álbum narra o surgimento dos Orixás, a criação do Orum (o céu), do Ayê (a terra) e do homem e explica porque há tanta diversidade e deficiências físicas na humanidade.

São narrativas curtas, bem contadas e acessíveis, com o intuito, apenas, de introduzir os interessados no assunto.

O único senão vai para a divisão do álbum em capítulos. Pela lógica, cada capítulo deveria apresentar uma lenda, por isso soa estranho a criação da Terra estar dividida em 3 capítulos tendo 2 prólogos no  2º capitulo da história. A utilização desse recurso deve ser repensada para as próximas edições.

E digo “próximas edições” porque é um álbum curtinho, com apenas 80 páginas, que deixa aquela vontade no leitor de conhecer ainda mais dessa religião. Desde já aguardo outros números, narrando outras lendas e nos apresentando outros Orixás, aqui conhecemos apenas um pouco de Olorum, Oxalá e Odudua.

Para quem é interessado no tema, ou apenas tem a curiosidade de conhecer um pouco dessa mitologia, é um prato cheio.

Parabéns aos autores por enriquecer a linguagem dos quadrinhos ao abordar um tema infelizmente negligenciado por muitos anos.

Orixás – do Orum ao Ayê

Autores: Alex Mir (roteiro), Caio Majado (desenhos), Omar Viñole (arte-final e cor)
Editora: Marco Zero
80 páginas
Data: Abril de 2011
R$ 19,90

Alexandre Manoelresenha hqbAlex Mir,Caio Majado,HQB,Marco Zero,Omar Viñole,Orixás,Orum ao Ayê,resenhaOrixás – do Orum ao Ayê, de Alex Mir, Caio Majado e Omar Viñole, apresenta ao leitor algumas lendas da religião candomblé. O álbum narra o surgimento dos Orixás, a criação do Orum (o céu), do Ayê (a terra) e do homem e explica porque há tanta diversidade e deficiências...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe