Oeste vermelho se passa, como o título sugere, no “bom” e velho Velho- oeste.

Mas este é um oeste mais fantástico, povoado por ratos de origem humilde: pequenos agricultores, donos de bares e donas de casas que, de uma hora para outra, se vêem diante de um eminente ataque de gatos.

Com toda a sua cidade destruída e sua família dizimada, Frank Jones – o único rato sobrevivente do massacre – parte em busca de vingança contra o bando de gatos assassinos.

E isso resume tudo o que Oeste vermelho é: uma HQ de vingança com leitura rápida. Ideal para os fãs do gênero bangue-bangue com muitos tiros, mortes, frases de efeitos e personagens destemidos que duelam para ver quem é o mais rápido no gatilho.

Claro que nada muito original, mas verdade seja dita: originalidade também não é nenhum sinônimo de qualidade.

E isso, qualidade, a HQ tem de sobra com ótimos desenhos (tanto da história em si quanto do epílogo, realizadas por mãos diferentes), colorização que transmite todo o clima dramático das cenas, narrativa que conduz com habilidade ímpar a trama e uma edição caprichada com uma bela página de rosto, detalhes da capa em verniz e, no final, ilustrações de diversos artistas que homenageiam o personagem principal da HQ.

O formato quadriculado da edição e a diagramação que usa e abusa de quadros simétricos na composição das páginas cansa um pouco a certa altura, fazendo-nos desejar por uma diagramação mais variada e com tomadas de plano geral. Mas no final das contas, cria um ambiente meio claustrofóbico na história (guardada as devidas proporções: o mesmo clima encontrado em Maus, de Art Spiegelman) e se soma como mais um dos diferenciais da edição.

Um trabalho que coloca os irmãos Marcelo e Magno Costa como gratas revelações da cena e que merece ser lido por todos os fãs do “bom” e velho Velho-oeste.

Oeste Vermelho
Autores: Magno Costa & Marcelo Costa
Editora Devir
88 páginas
Data: Novembro de 2011
R$ 34,50

Alexandre Manoelresenha hqbDevir,HQB,Magno Costa,Marcelo Costa,Oeste Vermelho,resenhaOeste vermelho se passa, como o título sugere, no “bom” e velho Velho- oeste. Mas este é um oeste mais fantástico, povoado por ratos de origem humilde: pequenos agricultores, donos de bares e donas de casas que, de uma hora para outra, se vêem diante de um eminente ataque de...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe