Nanquim Descartável é uma publicação que vem se destacando no cenário nacional a cada número – tanto que já ganhou diversas premiações nacionais.

Apesar do nome meio estranho para o gênero, apresenta histórias cotidianas (com uma latente veia poética) sobre as amigas Ju e Sandra e o boa pinta Tuba: seus sonhos, medos, amizades, amores e relacionamentos. Principalmente este último, portanto, se você não aprecia histórias sobre relacionamentos passe bem longe dessa HQ.

Nesta edição, de 96 páginas (algo raro para os padrões independentes), acompanhamos cada uma das garotas tentando por um fim em assuntos pendentes de relacionamentos passados, que vêm se arrastando a um bom tempo. Ju pretende se libertar de um monte de tralha que guarda de sua paixão mais marcante e Sandra aproveita a visita à sua cidade natal para reencontrar seu antigo namorado e tentar terminar a relação entre eles de forma amigável. Enquanto isso, Tuba tenta descolar um encontro para não passar o feriado sozinho.

A narrativa de Daniel Esteves (roteirista e editor da publicação) é bem competente por criar uma situação que introduz de forma coerente uma passagem um pouco mais fantástica à trama e por conduzir narrações paralelas.

Outra característica do autor é espalhar diversas referências ao longo da HQ que certamente farão a alegria do público que aprecia caçar e identificar esses elementos.

Mas, o ponto alto da edição é sem dúvida os diálogos que conseguem transmitir de maneira fiel todo o prazer (e a dor) dos relacionamentos (embora sejam um pouco verborrágicos em algumas passagens).

Curioso é o capítulo no qual a personagem Ju encontra o próprio Daniel Esteves e fica claro de quem ela herdou seu gênio forte que recusa mudanças de comportamento.

Por ser uma história na qual o que é dito é muito mais importante do que o que é mostrado, coube aos desenhistas (cada um assumindo um capítulo da HQ) a difícil tarefa de tornar as páginas visivelmente interessantes e com um bom ritmo de leitura. E todos eles se saíram muito bem nesse quesito, principalmente na variação da câmera.

Ademais, também acrescentaram suas qualidades à trama, das quais eu destaco o estilo linha clara de Wanderson de Souza (que traz um clima indie à história – e cai bem à publicação), o estilo fortemente influenciado pelo mangá de Fred Hildebrand (que combina perfeitamente nas páginas dedicadas à Sandra, personagem de ascendência oriental), a diagramação de Julio Brilha e a diversidade de Mario Cau – que, além do estilo que já estamos acostumados a ver em sua revista Pieces, investe também na aguada, num estilo beirando o noir (com grandes áreas negras) e pintando sobre fundo preto.

Nanquim Descartável apresenta qualidades em todos os aspectos (roteiro, desenhos, editoração etc.) e justifica a atenção que vem recebendo. Uma ótima pedida para quem aprecia histórias cotidianas e de relacionamentos.

Em tempo: cada edição apresenta histórias completas e independentes entre si, isso é, não requerem que você leia as edições anteriores para apreciar e entender os números recentes. Mas caso queiram conhecer melhor a publicação, há a possibilidade de download gratuito das edições anteriores . O endereço eletrônico está na própria revista, para quem comprar ter os links e se divertir com as premiadas histórias de Ju e Sandra. E não esqueça que essas aventuras também estão no site PETISCO.

Nanquim Descartável 4
Autores: Daniel Esteves (roteiro), Luke Ross & Al Stefano (capa), Sandro Castelli (ilustração), Alex Rodrigues, Carlos Eduardo, Fred Hildebrand, Julio Brilha, Mario Cau, Wagner de Souza e Wanderson de Souza
Publicação independente
96 páginas
Data: Janeiro de 2011
R$ 15,00
Contato: http://escola-hqemfoco.blogspot.com

Veja como foi o bate-papo sobre a Nanquim Descartável nº4 na Gibiteria, clicando aqui.

Alexandre Manoelresenha hqbAl Stefano,Alex Rodrigues,Carlos Eduardo,Daniel Esteves,Fred Hildebrand,HQB,Júlio Brilha,Mário Cau,Nanquim Descartável,resenha,Sandro Castelli,uke Ross,Wagner de Souza,Wanderson de SouzaNanquim Descartável é uma publicação que vem se destacando no cenário nacional a cada número – tanto que já ganhou diversas premiações nacionais. Apesar do nome meio estranho para o gênero, apresenta histórias cotidianas (com uma latente veia poética) sobre as amigas Ju e Sandra e o boa pinta Tuba:...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe