harmata-pedro-cobiaco-editora-minoQuando ia começar a escrever essa resenha sobre Harmatã, o bonito livro de Pedro Cobiaco, me lembrei de algo que tinha lido trinta anos atrás. Aqui, embaixo do meu velho laptop há uma coleção de vinis, um deles o do grande poeta da dor de cotovelo Lupicínio Rodrigues (1914-1974).

“Quando a arte recupera a frustração amorosa”
“Os vínculos do amor aproximam os homens dos deuses ou os mergulham em tormento, derrota e morte. Alguns jamais escapam dessa cadeia. Outros, como Lupicínio, trazem o dom de transformá-la em arte, amplificando seu universo nas dimensões do plural.” Fabio Penna Lacombe.

harmata-pedro-cobiaco-editora-mino-2Pedro faz isso, transforma um amor, numa bela narrativa que mistura quadrinhos, ilustrações, prosa e poesia.
Harmatã chegou às livrarias pela editora Mino, mas antes a publicação já havia conquistado o público leitor de HQs de maneira independente em 2013 durante o Festival Internacional de Quadrinhos – FIQ. O quadrinho, que até então se encontrava esgotado, encontrou em sua nova casa uma edição mais caprichada, e uma nova capa, além de passar por uma nova revisão.

A HQ tem uma proposta simples, um diálogo telefônico entre um casal, Fábio e Lua, que não estão passando pela sua melhor fase. Claro que essa “simplicidade” faz o leitor ter uma fácil identificação com a obra. Quem nunca esteve em situações que se questionava distância, amor e todos os clichês românticos?

Às vezes a gente não sabe se vai conseguir abrir aquela carta ou fica com o telefone na mão e não sabe o que falar. Pedro mostra todos esses momentos com imagens metafóricas até, que conversam perfeitamente com palavras e sentimentos. Em algumas páginas conseguimos sentir a “dor do vazio” que os personagens estão passando.

lp-lupicinio-rodrigues-historia-da-musica-popular-brasileiraÉ o amor em páginas. O amor que vai para o outro lado do oceano e deixa um espaço sem preenchimento. Melhor do que falar é ver e ler essa singela ode ao amor que chegou na redação do Impulso HQ graças aos nossos parceiros da Comix Book Shop.

Mergulhe de cabeça na leitura e conheça um pouco sobre Lua e Pedro. Vale ressaltar aqui que Pedro recebeu o troféu HQMIX de 2014 na categoria Novo Talento -Roteirista por Harmatã. Merecido.

Como lembra Fábio Lacombe:

“Amar é estar disponível não apenas aos prazeres da relação com outro e com o mundo; sua afirmação maior se faz na serena tranquilidade da convivência com a frustração.”

Harmatã
Editora Mino
Autor: Pedro Cobiaco
36 páginas
21 x 29,7 cm
R$ 22,00

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2015/10/harmata-pedro-cobiaco-editora-mino-1.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2015/10/harmata-pedro-cobiaco-editora-mino-1-300x300.jpgFloreal Andraderesenha hqbHarmatã,Mino,Pedro CobiacoQuando ia começar a escrever essa resenha sobre Harmatã, o bonito livro de Pedro Cobiaco, me lembrei de algo que tinha lido trinta anos atrás. Aqui, embaixo do meu velho laptop há uma coleção de vinis, um deles o do grande poeta da dor de cotovelo Lupicínio Rodrigues (1914-1974). “Quando...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe