gata-garota-fefê-torquato-nemoEsses dias vendo um programa na TV fiquei sabendo que os bichos de estimação mais numerosos no mundo são os gatos. Em casa, por exemplo, são nove. Os felinos dominam as redes sociais (quem nunca viu um vídeo de gatinho fofo?) e não é de se estranhar que eles também sejam temas de HQs. Gata Garota, de Fefê Torquato, conta a história de Gigi, uma jovem metade garota, metade gato.

Nesse caso, o mundo das redes sociais está mais ligado ainda à publicação que chegou às livrarias no começo do ano pela editora Nemo. Gata Garota saiu diretamente internet para ganhar um belo volume em formato grande, 20x32cm, que dá muito mais espaço para a arte de Fefê que encanta com o seu estilo cartum bem-humorado e ao mesmo tempo noir, muito bem trabalhado em preto e branco e aplicação de manchas e sombras.

gata-garota-fefê-torquato-nemo-3Gigi é uma jovem romântica que possui características felinas, isso mesmo, ela é parte gato, mas não só ela, toda a sua família tem essa característica. Durante a leitura do livro, somos apresentados a esse curioso universo de pessoas-gatas e humanos comuns. Sim, elas existem nesse universo e a nossa protagonista ainda namora Danilo, um rapaz que tem que lidar com as oscilações de nossa heroína.

Aliás, é justamente nesse ponto que Gata Garota sai do lugar comum. A autora consegue transpor a perspectiva de Gigi pelos olhos do universo feminino. É uma história que sabe lidar com os contrastes. Se de um lado temos o ciúme de Danilo, que desconfia não ser o único, por outro, temos a protagonista tendo que lidar com o seu lado felino que a faz sair pelas madrugadas ou brincar com insetos quando deveria se arrumando para sair.

Essa alternância entre garota e gata acaba gerando uma empatia e deixa a personagem a cada página desse primeiro volume mais charmosa. Gigi ajuda pessoas na rua, dá uma forcinha para o namorado no restaurante, enfrenta problemas cotidianos, convive com a líder da família e transita por alguns mistérios, ou seja, uma garota normal, com tendências egocêntricas, diga-se de passagem.

São 12 episódios curtos e um sugestivo capítulo de número 13 (Gigi é uma bela gatinha de pelo preto) que fala da reunião familiar dos gatos-gente e do aparecimento em cena da gatinha Fefê, a prima irmã de Gigi, todos com o uso de texto, enquadramentos inteligentes, desenhos de personagens expressivos, e o já citado, excelente uso do preto e branco. Arte de primeira.

gata-garota-fefê-torquato-nemo-2“Gata Garota” é o primeiro volume de três obras que vão contar a história de Gigi, que segundo Fefê, foi inspirada em seu gato Tuc e na mulher-gato de Tim Burton, interpretada por Michelle Pfeiffer no filme de 1992. Espero que a Nemo não demore muito para lançar os outros dois volumes de maneira impressa dessa webcomic que pode ser acompanhada no endereço gatagarota-hq.tumblr.com.

Muita confusão, pêlos eriçados e arranhões. Prá quem curte quadrinhos e felinos um prato, ou melhor, um pires cheio (de leite é claro!).

Gata Garota
Editora Nemo
Autora: Fefê Torquato
Acabamento: brochura
160 páginas
20 x 32 cm
R$ 37,90

Obs: Não posso deixar de citar que a autora está com um novo projeto no Catarse, site de financiamento coletivo, que está nos últimos dias para ser apoiado. Confira os detalhes da HQ Estranhos, e saiba mais sobre essa iniciativa de Fêfe Torquato, clicando aqui.

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2015/10/gata-garota-fefê-torquato-nemo-4.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2015/10/gata-garota-fefê-torquato-nemo-4-300x300.jpgFloreal Andraderesenha hqbFefê Torquato,Gata Garota,NemoEsses dias vendo um programa na TV fiquei sabendo que os bichos de estimação mais numerosos no mundo são os gatos. Em casa, por exemplo, são nove. Os felinos dominam as redes sociais (quem nunca viu um vídeo de gatinho fofo?) e não é de se estranhar que eles...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe