Se você tivesse a escolha de viver para sempre uma vida sem graça ou morrer agora para salvar o mundo, sem ninguém tomar conhecimento de tal ação, o que você escolheria?

Esse é o dilema que Renato, o personagem principal da história, enfrenta em Eterno, escrito por Rodrigo Alonso e desenhado por Felipe Cunha, dupla que trabalhou junto num outro fanzine chamado Chuva Contra o Vento com o qual conseguiram boa repercussão.

Renato é uma pessoa comum, de fácil identificação, que nunca fez nada de muito significativo da vida. Até o dia em que dois anjos aparecem para ele e lhe revelam ser o portador de um grande poder capaz de salvar a humanidade de seus pecados e de suas vidas igualmente insignificantes. Mas para isso ele deve morrer.

O problema é que isso acontece no único bom momento de sua vida: no dia em que se apaixona por uma garota e, incrivelmente, é correspondido por ela – e todos nós sabemos que o amor é a única coisa que nos faz sentirmos especiais. Como Goethe expressou sabiamente: “Neste mundo nada nos torna necessário a não ser o amor”.

Esse é o grande dilema que acompanhamos ao longo das 9 edições do fanzine – lançado entre os anos de 2007 e 2009.

Rodrigo Alonso é um roteirista de mão cheia, iniciando a história num ritmo cativante e levantando questões existenciais com as quais todo mundo pode se identificar – vai me dizer que você nunca questionou o propósito da sua vida pelo menos uma vez?

Mas não é só de questões filosóficas que vive a obra, pelo contrário, os diálogos são divertidos e apresentam diversas visões de mundo. Por isso são o destaque da edição.

A arte de Felipe Cunha escorrega muito no desenho de rosto, mas manda bem na narrativa e na finalização dos desenhos, sobretudo pelo uso de retículas.

Deve ser muito difícil achar esse material atualmente, por isso fiquei em dúvida quanto a funcionalidade de lhe fazer uma resenha, mas a qualidade do material falou mais alto. Se você procura uma boa leitura rápida, com humor, ação e questões filosóficas esse é o título.

Eterno (9 edições)
Autores: Rodrigo Alonso & Felipe Cunha
Publicação Independente
12 páginas cada edição
Data: 2007 – 2009
R$ 1,00 cada exemplar
Alexandre Manoelresenha hqbEterno,Felipe Cunha,HQB,resenha,Rodrigo AlonsoSe você tivesse a escolha de viver para sempre uma vida sem graça ou morrer agora para salvar o mundo, sem ninguém tomar conhecimento de tal ação, o que você escolheria? Esse é o dilema que Renato, o personagem principal da história, enfrenta em Eterno, escrito por Rodrigo Alonso e...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe