Drink, de Rafael Coutinho, é o primeiro número de um projeto da editora Barba Negra, batizado de revista 1000, de fazer publicações curtas, sem textos, preço baixo, com muito espaço para experimentação e com o objetivo de serem vendidas em eventos.

Por isso a publicação não apresenta nenhum requinte em relação à impressão (com exceção do formato 21 x 30 cm): preto e branco em papel off-set, com a gramatura da capa um pouco maior que do miolo.

Mas o conteúdo compensa a forma. Drink apresenta as divertidas desventuras de um casal beberrão: seus amores, traições, neuras, solidões, falta de juízo etc.

A diagramação é bem rígida: 12 quadros, divididos em 4 fileiras, por página, o que faz com que a história ganhe em velocidade, sem destacar nenhuma passagem em particular – assemelhando-a a um curta-metragem cômico da época do cinema mudo.

Coutinho consegue essa narrativa fluída graças a seu jogo de câmeras e sua clareza na escolha dos momentos representados. A parte mais experimental fica por conta dos balões, tanto seu desenho quanto conteúdo.

Se os próximos números continuarem com essa qualidade, o projeto tem tudo para se tornar um dos grandes títulos do cenário nacional.

Trabalho extremamente divertido!

Drink – revista 1000
Autor: Rafael Coutinho
Editora Barba Negra
20 páginas
Data: Novembro de 2010
R$ 10,00

Alexandre Manoelresenha hqbBarba Negra,Drink,HQB,Rafael Coutinho,resenhaDrink, de Rafael Coutinho, é o primeiro número de um projeto da editora Barba Negra, batizado de revista 1000, de fazer publicações curtas, sem textos, preço baixo, com muito espaço para experimentação e com o objetivo de serem vendidas em eventos. Por isso a publicação não apresenta nenhum requinte em...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe