cumbe-96ca01a8e2560846d666335d943f4cf9-1024-1024Conheci Marcelo D’ Salete em 2008 na virada cultural na HQMIX Livraria. Naquele ano, Gualberto e Daniela conseguiram reunir quase uma centena de desenhistas no período de 24 horas que se revezavam na produção do “Crime do Teishouko Preto”.

No período de seis horas em que estive lá, alguns dos artistas que fizeram uma página foram Fausto Bergocce, Guto Lacaz, Orlando Pedroso, Paulo Baptista e Marcelo D’ Salete.

Lembro que ele procurava na internet a referência de um peixe e que a feitura de sua página foi feito com um esmero e uma tranquilidade que poucas vezes vi na vida.

Em outra ocasião, na mesma livraria, houve o lançamento de uma HQ feita com as lembranças de infância de um desenhista “Marcio Folha” e que falava sobre capoeira. Quando a sessão de autógrafos estava encerrada, uma cliente entrou na livraria e se apresentou como professora de português e pediu a indicação de um quadrinho brasileiro que apresentasse o cotidiano nas grandes cidades. Peguei um exemplar de “Noite Luz” de Marcelo D’ Salete, ela folheou o álbum e rejeitou dizendo que havia violência na obra.

Cumbe3Essa resposta é de estranhar não? A recusa em comprar o álbum é negar que no cotidiano da vida dos brasileiros não há, sangue e dor. E o que ela mais estava ignorando é como D’ Salete coloca todos esses conceitos muito bem, e ainda retrata muito o amor, a paixão, a esperança e a poesia existente no nosso dia a dia.

Agora, pela editora Veneta, D’ Salete lança “Cumbe”, um dos 15 projetos contemplados pelo ProAC – Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo, em 2013. Uma HQ que já nasce como leitura obrigatória e desde já, um dos melhores lançamentos do ano.

cumbe-dsalete-2Originalmente batizada de “Kalunga – Histórias de Resistência”, o álbum apresenta quatro histórias que mostram, no período colonial no Brasil, a luta de mulheres e homens por liberdade. São história de resistência e esperança, sobre pessoas que batalharam em uma luta que, infelizmente, parece que nunca terminou e nem vai terminar tão cedo.

Marcelo D’ Salete sabe como poucos mostrar essa peleja e, como no seu primeiro álbum, aqui o leitor sente o cheiro de pólvora e sangue. Com o seu elegante e belo traço, sempre feito com esmero e tranquilidade, sentimos ainda amor, paixão e esperança.

No glossário, na parte final do álbum, é explicado o significado da palavra “cumbe”: quilombo, mas também, Sol, dia, luz, fogo. Conhecer o trabalho de D’ Salete é justamente presenciar todo esse brilho que o autor consegue passar em suas histórias sempre verdadeiras e envolventes.

2014-11-04-cumbe-cpfE para quem está curioso para saber como funciona o processo de criação do autor fica a dica: dia 29 de novembro, D’ Salete estará o Centro de Formação Cultural do Sesc para falar sobre todo o projeto de criação da história em quadrinhos Cumbe. Para se inscrever, clique aqui.

Ps.: a professora não levou o “Noite Luz” e seus alunos ficaram privados de ler um dos melhores quadrinhos brasileiros, porém agora “Cumbe” será distribuído em bibliotecas em São Paulo. Finalmente esses alunos vão poder descobrir a poesia gráfica desse grande desenhista de quadrinhos.

Cumbe

Editora Veneta
Autor: Marcelo D’ Salete
17 x 24 cm
176 páginas
R$ 29,90

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2014/11/cumbe-96ca01a8e2560846d666335d943f4cf9-1024-10241.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2014/11/cumbe-96ca01a8e2560846d666335d943f4cf9-1024-10241-300x300.jpgFloreal Andraderesenha hqbCumbe,Marcelo D' Salete,VenetaConheci Marcelo D’ Salete em 2008 na virada cultural na HQMIX Livraria. Naquele ano, Gualberto e Daniela conseguiram reunir quase uma centena de desenhistas no período de 24 horas que se revezavam na produção do “Crime do Teishouko Preto”. No período de seis horas em que estive lá, alguns dos...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe