Show de rock, a paixão de uma fã, feira de vinil, pubs…

Lançada em novembro de 2011, By the Southern Grace of God, é uma produção independente de Mario Cau e Elton Pruitt que conta com a distribuição do pessoal do coletivo Quarto Mundo, e nos traz toda a magia de um conto baseado na música do Lynyrd Skynyrd, banda de southern rock estadunidense que ficou conhecida em 1973.

O ambiente da narrativa é bem propicia para os rockers e seus personagens caminham pelo submundo underground do rock in roll e os espaços que habitam como que em constante amargura. Tudo gira em torno de Amy, que segue em uma busca intensa por uma música inédita que, talvez, ali esteja a resolução do enigma de sua existência.

O interessante é que o leitor ao se deparar com a história da garota orfã não partilhará da sua solidão ou melancolia impregnadas nas páginas desta história. É possível refletir e reler quantas vezes for necessário para reviver um romance urbano e feérico como esse.

Toda essa fluidez é de responsabilidade do roteiro fantástico e da narrativa direta de Elton Pruitt, que nos trás uma história com começo meio e fim com descrições minuciosas entre várias divagações dos personagens.

O desenvolvimento da ficção é realizado de forma muito inteligente, com uma trama criativa e com diálogos instigantes. Numa conversa, Amy conta sua história e sobre a tentativa de resgatar suas origens por meio dos relatos da mãe. Um teor de fascínio jovem inicia algum sentimento visceral em um rapaz também musico e gera uma reviravolta na HQ.

O que o leitor vai acompanhar e visualizar é o amor de diversas formas e ao mesmo tempo sonhos, anseios, realidades, agonias, versões e a solidão da juventude. Como sempre, Mario Cau contribui com este trabalho com um traço primordial e com um sofisticado aspecto gráfico. O quadrinhista dá vida às formas que acrescentam e transcendem a narrativa emotiva.

Uma das ilustrações mais bonitas e marcantes nesta HQ, para mim, é o encontro dos dois personagens principais que sintetiza este estado da garota Amy na sua busca solitária e melancólica e Quentin, o cara meio rock star, com pinta de bad boy. Mesmo sendo em PB a ilustração nos remete cores vida e poesia.

Me identifiquei bastante com a característica da Amy e sua persistência de nunca desistir do que realmente queremos. Sempre lutarmos e não perdermos a esperança a determinação na busca.

Quando terminei de ler, lembrei-me desta citação de Georges Bernanos:

“A verdadeira esperança é uma qualidade, uma determinação heróica da alma. E a mais elevada forma de esperança é o desespero superado.”

By the Southern Grace of God
Edição independente
Roteiro: Elton Pruitt
Arte e edição: Mario Cau
Cores da capa e tons de cinza: Bob Rivard
Letras: Cadu Simões
Logo do título: Jason Hanley
26 páginas
R$ 4,00
Contato: www.mariocau.com | [email protected]

Thina Curtisresenha hqbBob Rivard,By the Southern Grace of God,Cadu Simões,Elton Pruitt,HQB,Jason Hanley,Lynyrd Skynyrd,Mário Cau,resenhaShow de rock, a paixão de uma fã, feira de vinil, pubs... Lançada em novembro de 2011, By the Southern Grace of God, é uma produção independente de Mario Cau e Elton Pruitt que conta com a distribuição do pessoal do coletivo Quarto Mundo, e nos traz toda a magia...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe