Lançado em novembro de 2011, o álbum Brasil 1500 – Segredo de Estado nos apresenta uma trama que tem a sua narrativa que foca a disputa de poder, os jogos políticos e nos homens que se aventuraram a conquistar riquezas e terras em um mundo desconhecido.

Falando assim até parece mais do mesmo, e você pode até se perguntar: e por que eu leria esse álbum?

Bem… antes de escrever qualquer coisa a respeito desse livro, vou dar ênfase ao meu ver a dois pontos fortes dessa publicação: a ambientação dos personagens e as cores que ficaram perfeitas, e a maneira simples, mas ao mesmo tempo grandiosa, que o autor nos possibilita navegar pelo imaginário e retornar à história do nosso país. Isso realmente merece ser dito. Só por esses dois quesitos já vale a pena à aquisição da obra.

A obra acerta ao colocar sem fantasias o contexto do descobrimento do Brasil dentro das Grandes Navegações e Descobrimentos Marítimos (séculos XV e XVI). Portugal e Espanha eram as nações mais poderosas do mundo e se lançaram ao mar em busca de novas terras para explorar. Usavam também o mar como rota para chegar as Índias, grande centro comercial da época, onde compravam especiarias (temperos, tecidos, joias) para revender na Europa com alta lucratividade.

O descobrimento do Brasil não se resume em uma frase. Precisamos de mais, e nas páginas de Brasil 1500 – Segredo de Estado, encontramos esse fator que pesa na hora do aprendizado. Quando inserido em um contexto alegre e divertido, um corriqueiro assunto escolar se torna suave e atrativo, facilitando a aprendizagem dos alunos (crianças e adolescentes) que estão tendo contato pela primeira vez.

Para os que já conhecem bem essa história e estão cansados de monotonia o álbum também não irá decepcionar. A história vem em ritmo de uma aventura ácida, e o tema do descobrimento é pano de fundo para uma aventura empolgante.

Outro acerto dos autores foi utilizar o lado bom da ilustração, que geralmente nas publicações que abordam o descobrimento, principalmente naquelas utilizadas nas escolas, são chatas e não agregam informação ao texto. Em Brasil 1500 por meio das imagens você pode conhecer mais sobre a vida, cultura, religião e outras informações sobre os povos que habitavam o território brasileiro no período da chegada dos portugueses e de uma maneira bem interessante.

Toda boa produção desse tipo deixa aberto o canal para nossa imaginação navegar ainda mais, uma vez que leitura é isso: viajar pelo passado, pelo presente e pelo futuro. Isso tudo sem sair do lugar, e esse álbum tem esse poder.

Para não falarem que só rasguei seda, como educadora vou deixar aqui registrado o meu porém. Achei o livro um tanto quanto introdutório na questão de se contar a história. Tudo é bonito, tudo é muito alegre, mas ficou um tanto quanto breve a questão do desenvolvimento de como será a relação do personagem principal com o descobrimento do Brasil e como ele irá se envolver em tudo isso. Se a intenção é dar continuidade, talvez fosse melhor deixar mais claro isso nesse primeiro volume, e deixa-lo um pouco mais recheado.

Mas é fato que com uma ferramenta dessa fica muito mais prazeroso querer estudar. Por que quando eu ia para escola não era assim? Teria sido muito mais fácil… rs

Brasil 1500 – Segredo de Estado

Devir Livraria
Roteiro: Fábio Fonseca
Arte: Andrei Miralha e Otoniel Oliveira
20,5 × 27,5 cm
Colorido
Papel couchê
48 páginas
R$ 26,00

Thina Curtisresenha hqbAndrei Miralha,Brasil 1500,Devir,Fábio Fonseca,HQB,Otoniel Oliveira,resenhaLançado em novembro de 2011, o álbum Brasil 1500 - Segredo de Estado nos apresenta uma trama que tem a sua narrativa que foca a disputa de poder, os jogos políticos e nos homens que se aventuraram a conquistar riquezas e terras em um mundo desconhecido. Falando assim até parece...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe