resenha_hqb_blenq

A capa não agrada.

Eu sei que não se deve julgar um livro pela capa, mas numa época em que os estímulos visuais são tão utilizados nos meios de comunicação, não se deve subestimar o poder de atração e repulsa que uma capa exerce. Ainda mais em se tratando de quadrinhos onde é comum associarmos a qualidade da capa com a qualidade do material interno.

Aliás, essa é uma observação que se aplica em muitos lançamentos da editora Júpiter II: as capas quase nunca são atraentes. A editora presta um bom trabalho para a cena publicando, às vezes republicando, material de clássicos personagens da HQ brasileira e abrindo espaço para novos talentos, mas precisa investir mais em suas capas.

Superando essa deficiência, logo na primeira página da HQ “Devastação Florestal” (roteiro de Rod Gonzalez e arte de Darlei Nunez), o leitor se depara com outro desestímulo: a arte é visivelmente de quem está começando.

Os personagens têm poses duras, os cenários são pobres, a arte-final quase não apresenta variações de espessura e as hachuras inexistem, reinando os tediosos tons de cinza e seus infames degrades. Embora seja possível apontar algumas qualidades como o enquadramento e a diagramação, pelo visual, não dá muito gosto ler a HQ.

Se isso ocorrer, o leitor vai perder uma história interessante. A trama retrata a heroína Lâmina, aprisionada pelos vilões Artrópode e Coronel Guedes, no momento em que investigava o desmatamento da floresta amazônica no norte do Pará.

Blenq e Luã partem para resgatá-la e impedir que o desmatamento continue. A partir daí, tem início a tradicional pancadaria (que ocupa apenas uma página) que culmina com a derrota dos vilões.

A HQ “S.O.S. Bicho-Preguiça!” (roteiro de Rod Gonzalez & Amanda e arte de Óqui) encerra a edição apresentando uma arte mais madura e agradável aos olhos. Uma pena que quase todas as páginas estejam desfocadas. A história é sobre o tráfico de bichos-preguiças; Blenq e Luã são acionados pela ONG que empresta seu nome ao título da HQ, e que existe realmente, e partem à procura dos traficantes.

A HQ denuncia a triste realidade do tráfico de animais e as atrocidades cometidas com eles (é triste saber que um bicho-preguiça fora de seu habitat natural sobrevive apenas por cerca de oito dias).

Entre uma HQ e outra, a revista apresenta um passatempo, com palavras cruzadas e jogo dos sete erros, e textos sobre o bicho-preguiça e a ONG S.O.S. Bicho-Preguiça.

Os maiores méritos da edição são: sua mensagem ecológica; sua ação social (uma parte do dinheiro arrecadado com sua venda vai para a ONG mencionada); e o fato de colocar os super-heróis para fazerem algo útil e em sintonia com os problemas da nossa sociedade brasileira.

Mas, ao término da leitura, tive dificuldades em identificar para que público a revista se destina. Porque se for ao público infantil, penso que falta mais humor às histórias e o traço cartunesco ou mangá seriam mais apropriados.

Se a revista tem como meta atingir o público adolescente, falta mais pancadaria, movimentação, sensualidade e, talvez, os traços no estilo Marvel, ou mangá, funcionariam melhor. Se for voltada ao público adulto, são necessárias mais páginas para que se possa acrescentar profundidade na trama e no drama de cada personagem e da região em geral.

Finalizando: a edição apresenta iniciativa louvável, boas idéias e intenções de relevância indiscutíveis (e raras na cena de HQ). Isso é um ótimo começo, mas falta acertar a mão em alguns pontos para fazer uma revista à altura que o tema merece.

Blenq nº1
Autores: Amanda e Rod Gonzalez (roteiros); Darlei Nunez e Óqui (desenhos).
Editora: Júpiter II
Nº de páginas: 28
Data: Outubro de 2008
Preço: R$ 3,00
Contato: [email protected]

Alexandre Manoelresenha hqbAmanda,Óqui,BLENQ,Darlei Nunez,HQB,Júpiter II,resenha,Rod GonzalezA capa não agrada. Eu sei que não se deve julgar um livro pela capa, mas numa época em que os estímulos visuais são tão utilizados nos meios de comunicação, não se deve subestimar o poder de atração e repulsa que uma capa exerce. Ainda mais em se tratando de...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe