Amilcar Pinna já é um nome conhecido para alguns. Seu traço já pode ser visto nos títulos das grandes editoras internacionais como Marvel Comics e DC Comics, tendo desenhado os grandes personagens da casa como os X-Men e Super-homem. Para a alegria e surpresa dos leitores brasileiros, Amilcar no começo do ano produziu a sua primeira HQ autoral 02+01=00 lançando-a de forma independente e com apenas 500 exemplares.

Alegria porque é sempre bom conhecer um trabalho autoral de um profissional que já trabalha para as grandes editoras, pois é realmente o trabalho dele, o tema que ele gosta e se identifica e até porque é possível perceber como o quadrinhista pode ser ousado ou não quando se tem total liberdade. E aqui Amilcar expõe as suas influências estéticas e temáticas sem o menor pudor.

A surpresa: não sei se foi intencional ou não, mas as três vezes que li 02+01=00 tive a sensação que essa seria uma produção portfólio, onde o quadrinhista fez com o objetivo de mostrar para os editores nas grandes convenções internacionais. Sinceramente considero essa uma atitude a ser seguida por todos aqueles que querem entrar no mercado norte-americano e que pretendem levar a profissão a sério.

Veja bem, obviamente que cada um segue um caminho, e que produzir uma revista portfólio tem o fator de custo e tudo mais. Para aqueles que têm como viabilizar essa possibilidade, recomendamos que preste atenção na estrutura de 01+02=00.

A ideia é simples. Basicamente a publicação mostra o encontro de dois personagens e a consequência. Lembramos que simples não quer dizer simplista e Amilcar sabe muito bem disso. Dá para notar como o quadrinhista foi direto ao ponto, ambientando de forma clara o contexto do cenário, e isso é claro, exigiu muita habilidade, afinal, o simples é sempre o mais difícil.

Uma história universal. A trama acontece em qualquer lugar, uma cidade em ruínas que poderia ser São Paulo, Nova Iorque, Tóquio, etc. O fato é que a história acontece e flui muito bem, sendo compreendida mesmo sem palavras. Isso mesmo leitor, 01+02=00 não tem diálogos.

Se você quer ser lido em qualquer lugar do mundo o idioma não pode ser barreira, portanto, um dos grandes destaques na publicação é que você leitor irá ler as imagens e acompanhar a história mesmo sem uma única letra. E vale lembrar: o editor analisa a sua habilidade de contar histórias com imagens e não só com as palavras.

Os detalhes dão a unidade. Se decidir fazer uma história de ficção científica que se passa em um futuro apocalíptico, faça todos os elementos estarem nesse contexto, inclusive quando a história acaba. Amilcar é um profissional experiente e soube apresentar um projeto gráfico que identifica a sua história. Isso é observado na tipografia e nas cores utilizadas. Tudo tem uniformidade e te transporta para o contexto que o quadrinhista imaginou.

Uma composição ousada. Apesar da distribuição dos quadros seguir uma linha mais “comportada”, Amilcar abusa (de forma positiva) dos ângulos de câmera de baixo para cima, o que proporciona um dinamismo a história, e é claro permite que ele demonstre a sua habilidade com a perspectiva tanto de cenário como no corpo humano.

Como citamos no começo do texto, uma das coisas mais legais de se ver um trabalho autoral é ver como o quadrinhista tem total liberdade de criação para compor e apresentar as suas cenas. Em 01+02=00, Amilcar não se deixou censurar e fez uma sequencia de nudez e sexo entre os personagens que certamente iria ser barradas nas grandes editoras. Logo um aviso: a HQ é recomendada para os leitores adultos.

Mais uma vez: não sabemos se 01+02=00 foi um trabalho desenvolvido para ser um portfólio, o que sabemos é que o resultado é muito interessante em vários aspectos e merece ser conferido. Com certeza uma ótima HQ.

02+01=00

Almicar Pinna
Publicação independente
Capa e miolo coloridos
21 x 28 cm
12 páginas
Contato: [email protected]

Renato Lebeauresenha hqb02+01=00,Amilcar Pinna,HQB,resenhaAmilcar Pinna já é um nome conhecido para alguns. Seu traço já pode ser visto nos títulos das grandes editoras internacionais como Marvel Comics e DC Comics, tendo desenhado os grandes personagens da casa como os X-Men e Super-homem. Para a alegria e surpresa dos leitores brasileiros, Amilcar no...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe