capa_tungstenioNa saudosa Livraria HQMIX um dos quadrinhos mais vendidos eram os álbuns de Marcelo Quintanilha. Os leitores que conheciam seu trabalho sempre perguntavam por algum novo livro gráfico seu e quem não o conhecia e pedia uma recomendação do que ler, sempre levava com satisfação a sua obra.

Com certeza, se ainda estivesse em pleno vapor, e eu estivesse por lá, não deixaria de fazer a mesma indicação com o seu novo álbum publicado pela editora Veneta.

“Tungstênio” conta um dia na vida de pessoas comuns na cidade baiana de Salvador, uma conversa banal sobre carros em uma praia, mais adiante a pesca ilegal feita com explosivos, no alto do morro uma bate papo normal que pouco a pouco vai se tornar mais áspero até a explosão de violência.

iojpgA vida desses personagens vão se cruzar, e isso é mostrado minuto a minuto, e aos poucos conhecemos mais sobre suas vidas. O escritor e letrista Aldir Blanc chamou Quintanilha de o Roberto Rossellini dos quadrinhos.

Já sobre Rossellini, Inácio Araújo diz “mas, sabe-se a paixão de Rossellini era a câmera, instrumento graças ao qual o olho humano está equipado com um olhar que lhe permite, pela primeira vez na história, ultrapassar sua própria finitude para alcançar a realidade sob todos os aspectos”.

E nas palavras do cineasta “sobre a imagem podemos fundar um novo projeto de homem”.

pag_070_ptTracei esse perfil de frases só para afirmar que Marcelo Quintanilha com sua pena procura retratar a dura realidade nas cidades brasileiras, mas ele é universal, as histórias contadas por ele poderiam se passar em qualquer canto do mundo. Esse é uma característica marcante em suas obras e em Tungstênio percebemos que seu talento está mais afinado do que nunca.

O projeto gráfico da editora Veneta é extraordinário. Impressão em capa dura, papel couché com uma alta gramatura, e uma impressão que dá ainda mais vida e brilho ao traço de Quintanilha. Me deixa satisfeito perceber quando uma editora não economiza no projeto quando percebe que tem um grande autor para publicar. Quintaninlha não poderia estar em casa melhor.

Tungstênio é um dos mais belos quadrinhos que li nos últimos tempos, contado com uma narrativa dinâmica, mas com uma comovente simplicidade. Não é a toa que Marcelo Quintanilha é considerado um dos maiores cronistas dos quadrinhos brasileiros da atualidade.

Tungstênio
Editora Veneta
Autor: Marcelo Quintanilha
17 x 24 cm
192 páginas
R$ 54,90

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2014/09/67.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2014/09/67-300x300.jpgFloreal AndradeNas bancas / Nas livrariasMarcelo Quintanilha,Tungstênio,VenetaNa saudosa Livraria HQMIX um dos quadrinhos mais vendidos eram os álbuns de Marcelo Quintanilha. Os leitores que conheciam seu trabalho sempre perguntavam por algum novo livro gráfico seu e quem não o conhecia e pedia uma recomendação do que ler, sempre levava com satisfação a sua obra. Com certeza,...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe