Sandman Noites Sem Fim da PaniniFato: Neil Gaiman revolucionou a indústria dos quadrinhos com Sandman. Em 2003, quando Noites Sem Fim foi publicado, houve muita agitação por parte dos fãs de Sandman. Não foi à toa, pois já tinham passado sete anos desde a última publicação da série. Era a oportunidade de rever os personagens icônicos e voltar ao Sonhar e ter uma pequena amostra do que aconteceria se Neil Gaiman não tivesse resolvido criar uma série com começo e fim.

O autor volta ao reino do Mestre dos Sonhos e vem em excepcional companhia. Para cada uma das histórias de Sandman: Noites sem fim, Gaiman convidou um artista diferente. São sete, um para cada Perpétuo (entidades acima dos Deuses que ele criou para o Universo de Sandman): P. Craig Russel (Morte), Milo Manara (Desejo), Miguelanxo Prado (Sonho), Barron Storey (Desespero), Bill Sienkiewicz (Delirium), Glenn Fabry (Destruição) e Frank Quitely (Destino). Completa o time o designer e artista plástico Dave McKean, o mais tradicional colaborador de Gaiman, que assina a programação visual da publicação e a capa.

Sandman Noites Sem Fim ManaraGaiman reuniu um excelente time de ilustradores, e isso por si só já faz a edição se tornar um item de colecionador. Em alguns casos a parceria inédita em Sandman rende ótimas surpresas, o trabalho ficou tão bom que além de ganhar diversos prêmios, ainda foi a primeira graphic novel a aparecer na lista de mais vendidos do New York Times.

Na primeira história, “Morte em veneza”, Gaiman apresenta uma fábula na cidade italiana, protagonizada por um garoto que encontrou a Morte e volta para procurá-la anos mais tarde. O traço de Russel está, como sempre, excepcional, repetindo a parceria que teve com Gaiman em “Ramadan”, uma das mais belas histórias de Sandman.

O segundo conto é dedicado ao andrógino Desejo, irmão/irmã de Morpheus. Na história, uma bela jovem faz um pacto com Desejo para conseguir a afeição do sedutor filho do chefe da aldeia em que vive. O grande destaque aqui são as lindas pinturas de Milo Manara, quadrinhista italiano que tornou-se conhecido justamente por ilustrar lindas mulheres e colaborar em alguns projetos com o cineasta Federico Fellini.

Sandman Noites Sem Fim pat 2“O coração de uma estrela” marca a primeira participação no livro do personagem principal da série, Morpheus, ou Sandman – o Mestre dos Sonhos. Passada centenas de milhares de ano no passado, a história traz um parlamento de Corpos Celestes, em que Morpheus vai acompanhado de Killalla.

A quarta parte do livro é “Quinze retratos de Desespero”, quinze pequenos ensaios sobre a mais aflitiva das criações de Gaiman. Cada um é cuidadosamente elaborado por Barron Storey, artista plástico e professor da consagrada School of visual arts de Nova York, com a ajuda de Dave McKean, responsável pelo design.

Sandman Noites Sem Fim capaNa Quinta parte com Bill Sienkiewicz, um grupo de cinco deficientes mentais é escalado para uma difícil missão: resgatar a inocente Delirium de dentro da mente de uma garota. Os traços de Glenn Fabry, o capista de Preacher, não trazem inovações gráficas, apesar de bastante competentes. Entretanto, a história é ótima: uma expedição científica parte para uma escavação num sítio arqueológico. Mas ao invés de encontrarem objetos antigos, encontram artefatos… do futuro!

A história que dá título ao livro fecha a edição: “Noites sem fim”. Os desenhos simples e claros de Frank Quitely, famoso pela série Novos X-Men, estão inspiradíssimos.

SANDMAN: NOITES SEM FIM é um deleite tanto para os fãs de Neil Gaiman quanto para novos leitores. Uma Publicação da Panini em capa dura, impressão esmerada, acabamento perfeito, preço justo.

Sandman: Noites Sem Fim
Editora Panini
Roteiro: Neil Gaiman
Arte: P. Craig Russel / Milo Manara / Bill Sienkiewicz e outros
18,5 x 27,5 cm
Capa dura
160 páginas
R$ 25,90

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2015/03/sandman_noites_sem_fim_des.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2015/03/sandman_noites_sem_fim_des-300x300.jpgDiego LimaNas bancas / Nas livrariasBarron Storey,Bill Sienkiewicz,Dave McKean,Frank Quitely,Glenn Fabry,Miguelanxo Prado,Milo Manara,Noites Sem Fim,P. Craig Russel,SandmanFato: Neil Gaiman revolucionou a indústria dos quadrinhos com Sandman. Em 2003, quando Noites Sem Fim foi publicado, houve muita agitação por parte dos fãs de Sandman. Não foi à toa, pois já tinham passado sete anos desde a última publicação da série. Era a oportunidade de rever os...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe