20150617171346No início dos anos 90, eu batia ponto todo sábado à tarde na livraria “Muito Prazer”. Num desses finais de semana comprei alguns exemplares dos catecismos do Carlos Zéfiro. O Walter, dono da livraria, gostava sempre de contar uma estória relacionada com o que você comprasse. Dos quadrinhos sacanas do Zéfiro ele me falou de um amigo seu de juventude, mas isso só irei falar no final desse texto.

Quadrinhos eróticos sempre são tabus. Ok, sexo é tabu, mas quando se trata de uma publicação onde o traço e texto andam juntos, as possibilidades da obra ser taxada como pornográfica e consequentemente, e erroneamente, uma obra inferior são grandes. Mas há aqueles casos em que texto, traço e sexo não deixam dúvida sobre a sua intenção, e se tornam uma obra poética e sensível. Primeiras Vezes, recente lançamento da editora Nemo se encaixa nessa categoria.

tpm154-bazar-034Originalmente publicada na França como Premières fois, o livro em quadrinhos traz dez estórias da parisiense Sibylline. Dez momentos eróticos narrados por dez diferentes desenhistas. O prazer ilustrado por dez perspectivas narrativas diferentes. Entre os desenhistas estão Jérôme d’Aviau, Virgine Augustin, Olivier Vatine, Cyril Pedrosa, Dominique Bertail e Dave McKean (esse último não é francês).

Obviamente com esse time de ilustradores, destaco inicialmente a primeira grande característica da obra: a variedade de traços, técnicas e estilos. As dez narrativas são curtas, picantes e até reveladoras, massa beleza de como cada artista soube traduzir a delicadeza dos roteiros de Sibylline com desenhos leves e expressivos dão o grande toque à obra.

Como foi a primeira vez de uma garota? A primeira vez numa sex-shop? A primeira fantasia? A primeira vez de uma garota com uma garota? A primeira vez a três? A primeira vez com uma boneca? O primeiro swing? A primeira submissão? O primeiro dildo? O primeiro filme pornográfico visto na solidão da madrugada?

PremieresFois05Tantas situações e tantos cenários. A cama de um quarto comum, o balcão de um bar, uma casa de orgias, o seu sofá de madrugada, os lençóis macios e frios. E mais uma vez eu repito, a magia dessa obra é que você não vê apenas uma simples sequencia gráfica de cenas pornográficas, e sim as diferentes experiências e emoções a partir do ponto de vista feminino, isso mesmo, você é colocado como um voyeur, para descobrir as primeiras vezes inusitadas e surpreendentes de mulheres comuns e sensíveis.

Primeiras vezes não deixa de te como tema principal a sexualidade. É uma obra em quadrinhos escrita por Sibylline que faz o leitor conhecer uma série de situações nas quais alguns fetiches são explorados. São texto e arte trabalhando a favor do prazer. E como o texto de divulgação da obra diz, é uma HQ “pensada para todos aqueles que apreciam o erotismo”.

Acredito que Alexandrian, o autor de “História da Literatura Erótica”, resume bem o que são essas HQs, quando escreve no prefácio do seu livro “a pornografia é a descrição pura e simples  dos prazeres carnais; o erotismo é essa mesma descrição revalorizada em função de uma ideia do amor ou da vida social. Tudo que é erótico é necessariamente pornográfico, com alguma coisa a mais.”

910C+cWzLDLNão esqueci que iria contar a história do dono da livraria “Muito Prazer”. Como eu disse, Walter contava sempre um caso sobre a obra que você estava levando. No caso dos catecismos de Zéfiro, ele me disse que um comprador sempre adquiria esse tipo de quadrinho. E sempre que o cara levava um exemplar novo dos gibizinhos para casa, a primeira leitura era feita de um jeito diferente. Ele tapava com a mão as ilustrações e somente lia o texto, deixando o resto para sua imaginação.

Primeiras Vezes é o tipo do álbum que traz história em quadrinhos para serem lidas a dois, a três ou só. São muitas as maneiras, mas todas muito prazerosas.

Primeiras Vezes
Editora Nemo
Roteiro: Sibylline
Arte: Alfred, Capucine, Jérôme d’Aviau, Virgine Augustin, Vince, Rica, Olivier Vatine, Cyril Pedrosa, Dominique Bertail e Dave McKean
Tradução: Fernando Scheibe
Acabamento: brochura
19,5 × 22,5 cm
112 páginas
R$ 39,90

Obs: não sabe o que é dildo? Procura no Google Mário Alberto!

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2015/07/primeiras_vezes.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2015/07/primeiras_vezes-300x300.jpgFloreal AndradeNas bancas / Nas livrariasAlfred,Capucine,Cyril Pedrosa,Dave McKean,Dominique Bertail,Fernando Scheibe,Jérôme d’Aviau,Nemo,Olivier Vatine,Primeiras Vezes,Rica,Sibylline,Vince,Virgine AugustinNo início dos anos 90, eu batia ponto todo sábado à tarde na livraria “Muito Prazer”. Num desses finais de semana comprei alguns exemplares dos catecismos do Carlos Zéfiro. O Walter, dono da livraria, gostava sempre de contar uma estória relacionada com o que você comprasse. Dos quadrinhos sacanas...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe