Minha Madrinha Bruxa é uma série criada pela artista Jill Thompson voltada ao público infantil cuja temática gira em torno do Halloween. Aqui no Brasil a série foi publicada em um álbum ilustrado pela editora New POP em outubro de 2011.

Na trama, Hanna está tão feliz por participar do seu primeiro dia das bruxas sem a presença dos pais que não percebe a armação de seu primo Jimmy. Como ela é a menor do grupo e não consegue andar tão rápido como as crianças maiores, acaba atrasando todo mundo, fazendo com que os garotos passem por menos casas e, consequentemente, recebam menos gostosuras do que receberiam sem a presença da menina.

Seu primo, então, resolve abandoná-la numa mansão mal assombrada, liberando-o assim para passar em mais casas e ganhar mais doces. Em meio ao desespero de se ver sozinha num lugar assustador, Hanna descobre que tem uma madrinha bruxa – que lhe apresenta a diversos monstros que estão à solta no Halloween e, a partir daí, passam a viverem muitas aventuras nessa data.

A edição apresenta 5 histórias que somam todo o material criado pela autora com esses personagens. E, além de Hanna, Jimmy e a madrinha bruxa apresentam uma verdadeira turma do terror, com os tradicionais monstros de dia das bruxas como lobisomens, vampiros, morcegos, esqueletos e monstros que vivem debaixo das camas e dentro dos armários.

O tema horror por si só já é muito fascinante para a criançada em geral (vide o grande número de obras com essa temática como Família Adams, Gasparzinho, Scooby-Doo, Monster High etc.), mas Minha Madrinha Bruxa conta com um grande trunfo: a arte de Thompson. Com uma aquarela maravilhosa e um traço solto, fica impossível não admirar cada quadro da edição e torcer a cada virada de página para que a próxima reserve uma ilustração de folha inteira para que possamos apreciar com mais detalhes sua bela técnica.

A narrativa é outro ponto forte para a conquista do público infantil uma vez que apresenta um equilíbrio perfeito entre os contos ilustrados e a linguagem das HQs. Um adulto pode até dizer, a certa altura da leitura, que se trata mais de uma história com ilustrações do que uma HQ propriamente dita, mas uma criança não se apega tanto a essas questões, por isso vai certamente apreciar a edição e, pelo contato com muitos elementos dos quadrinhos, quem sabe, acabe se tornando também uma frequente leitora da nona arte.

A New Pop peca por não trazer nenhuma informação sobre a série – que data da década de 1990 e possui alguns desenhos animados – nem sobre a autora – que já fez parceria com Neil Gaiman e trabalhou com personagens como Mulher Maravilha e Monstro do Pântano. Ok são informações irrelevantes para as crianças, principal público alvo da obra (justo que se diga isso), mas interessantes aos adultos, que também apreciarão este trabalho.

A editora acertou em trazer para o Brasil esse divertido álbum ilustrado em uma edição de luxo, e mostra total respeito pela história e pelo público ao imprimir a obra em cores num papel couché com um formato que valoriza os desenhos e em trazer diversos esboços e ilustrações no final da publicação.

Minha Madrinha Bruxa

Editora New POP
Autora: Jill Thompson
Volume único
20,5 x 27,7 cm
208 páginas
R$ 69,90

Alexandre ManoelNas bancas / Nas livrariasJill Thompson,Minha Madrinha Bruxa,New PopMinha Madrinha Bruxa é uma série criada pela artista Jill Thompson voltada ao público infantil cuja temática gira em torno do Halloween. Aqui no Brasil a série foi publicada em um álbum ilustrado pela editora New POP em outubro de 2011. Na trama, Hanna está tão feliz por participar do...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe