Quando li as primeiras linhas do texto de apresentação achei que o personagem Flex Mentallo era mesmo uma criação da Era de Ouro dos quadrinhos. Até procurei nas duas enciclopédias sobre HQ que sempre consulto, mas só localizei uma citação a uma peça de ficção chamada “Flex Time”, a curta história de uma lenda em “calças curtas”.

A editora Panini lançou em julho o livro em formato de luxo desse herói musculoso com um calção que lembra a tanga do Tarzan de Hal Foster e Burne Hogarth ou, até mesmo, os anúncios sobre fisiculturismo nos gibis. E em uma primeira olhada isso poderia até parecer estranho e anticomercial, se não fosse por dois aspectos da obra: primeiro, ela é do selo Vertigo da DC Comics (histórias geralmente voltadas para o público adulto) e segundo, a dupla que assina o projeto, Grant Morrison e Frank Quitely.

Confesso que ainda não conhecia o extraordinário trabalho de Morrison e Quitely, mas é inegável que eles são dois nomes proeminentes dos quadrinhos atuais. O escocês Morrison já passou pelas maiores editoras norte-americanas e já deixou a sua marca registrada em personagens icônicos com o Batman, Superman, X-Men, Quarteto Fantástico e Liga da Justiça.

Essa dupla conquistou milhares de admiradores com obras como Os Invisíveis, Os Novos X-Men, WE3 – Instinto de Sobrevivência, Grandes Astros Superman, mas eles também trabalharam em projetos autorais (como quase todos profissionais dessa área) e Flex Mentallo marca a primeira produção dessa parceria de sucesso.

Flex Mentallo se diferencia por ser uma HQ que trata de temas metalinguísticos e que rompe com a narrativa convencional. Desde o início estamos às voltas com uma misteriosa figura chamado o “Fato” e suas bombas de desenho animado. Flex ganhou vida no mundo real graças ao garoto Wally que o criou num gibi desenhado por ele.

Na narrativa, a vida real de um desenhista de quadrinhos se mistura ao mundo imaginado por ele, uma palavra mágica que pode transformar um ser humano comum no mais poderoso do universo. O leitor mais atento vai perceber várias as referências ao mundo dos quadrinhos.

Oriundo das páginas da série Patrulha do Destino, essa história de Flex Mentallo de Morrison foi lançada originalmente em 1996 em uma minissérie de 4 edições, mas a obra teve que sair de circulação devido a uma pendência jurídica. Seu relançamento em versão de luxo foi somente no ano passado nos E.U.A.

Esse é o mesmo material que a Panini nos traz, a história fechada, em cores totalmente novas e como extras os esboços de Frank Quitely apresentando o seu processo de produção da série. Mais uma vez, esse álbum chegou ao Impulso HQ graças aos nossos parceiros da Comix Book Shop.

Quando li a obra fiquei com a sensação de que Flex Mentallo saiu por aqui nos anos 1990, mas em formato de minissérie, e que agora esse seria um relançamento em capa dura e extras como esboços e as páginas originais com a arte-final. Mas pesquisando vi que “Flex Mentallo – Edição de Luxo” traz pela primeira vez ao país essa genial história de Grant Morrison e Frank Quitely.

Depois entendi o que aconteceu: a HQ deles me lembrou os quadrinhos que li nos anos 1970 que foram publicados na Revista Grilo nº 45 (mais precisamente em 1973) que se chamava “Como Howie achou a saída no mundo real” de Richard Corben que tinha a seguinte premissa: as vezes a realidade é feia demais e precisamos nós refugiar em mundos imaginados.

E no final não é isso que todo ser humano quer? A redenção e a ascensão a mundo melhor.

Flex Mentallo
Panini (Vertigo)
Roteiro: Grant Morrison
Arte: Frank Quitely
Tradução: Érico Assis
Capa Dura
Papel couché
120 páginas
R$ 45,00

Floreal AndradeNas bancas / Nas livrariasÉrico assis,Flex Mentallo,Frank Quitely,Grant Morrison,Panini,VertigoQuando li as primeiras linhas do texto de apresentação achei que o personagem Flex Mentallo era mesmo uma criação da Era de Ouro dos quadrinhos. Até procurei nas duas enciclopédias sobre HQ que sempre consulto, mas só localizei uma citação a uma peça de ficção chamada “Flex Time”, a...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe