aqui-e-acola-marsupialO primeiro desenhista de histórias em quadrinhos, ou melhor, banda desenhada de Portugal de quem ouvi falar foi o grande Jayme Cortez na Enciclopédia de Quadrinhos que ganhei em 1977. Nenhuma menção a autores de banda desenhada. Quando chegou as minhas mãos “O Grande Livro do Terror”, um novo nome para ser admirado, Eduardo Teixeira Coelho ou E.T.Coelho como assinava. Nenhuma menção a outros autores de banda desenhada.

Corrigindo essas falhas editoriais, a Jupati Books, selo de quadrinhos da Marsupial Editora, publicou em 2015 o livro “Aqui e Acolá: histórias dos dois lados do Atlântico” que une o talento de quadrinhistas do Brasil e de Portugal em uma edição com 96 páginas em preto e branco.

Criadas sempre por duplas, sempre mesclando Brasil e Portugal, são quatro histórias inéditas criadas por oito autores (quatro de cada país) com temas como terror, amor, viagens e mistério. Tudo isso com batutas que estão aqui e acolá, batucando histórias nas teclas do computador ou debruçados na prancheta. Participam da edição os autores portugueses Carla Rodrigues, João Mascarenhas, Osvaldo Medina e Pedro Serpa, e do Brasil, os já conhecidos Brão Barbosa, Laudo Ferreira, Mario Cau e Samanta Flôor.

aqui_acola_1A união das duplas para desenvolver roteiro e arte em quatro bandas desenhadas, ou histórias em quadrinhos se preferir, traz um grande intercâmbio cultural e artístico e marca o primeiro passo da editora que tem a intenção de contribuir com a ampliação da presença da banda desenhada portuguesa no Brasil.

“Além do Arco-Íris” traz roteiro do português João Mascarenhas e arte do brasileiro Brão Barbosa, “O que teria acontecido na caverna do fim da Terra?” roteiro de Laudo Ferreira (brasileiro) e arte de Carla Rodrigues (portuguesa), “Transitários” roteiro de Osvaldo Medina (português) e arte de Laudo Ferreira (brasileiro), “O gato” roteiro de Samanta Flôor (brasileira) e arte de João Mascarenhas (português), “Correr o fado” roteiro de Carla Rodrigues (portuguesa) e arte de Mario Cau (brasileiro), “Lisdu” roteiro de Brão Barbosa (brasileiro) e arte de Osvaldo Medina (português), “Herança Maldita” roteiro de Pedro Serpa (português) e arte de Samanta Flôor (brasileira) e “Oceano entre nós” roteiro de Mario Cau (brasileiro) e arte de Pedro Serpa (português).

aqui_acola_3Só tenho elogios para essa iniciativa da Jubati Books. Quando comecei a frequentar a livraria Muito Prazer, havia muitas edições portuguesas de autores europeus e edições do Mosquito e seleções da BD. No final dos anos 80 e começo dos 90 comecei a receber pelo correio um jornal de Portugal (até hoje não sei como o Fernando Vieira descobriu meu endereço), o “Barlavento”, semanário regional do Algarve que na penúltima página havia uma seção chamada o Bedelho Rubrica, um informativo sobre nona arte assinada por Fernando Vieira que comentava os lançamentos de quadrinhos.

Sempre fui um grande admirador da produção portuguesa de quadrinhos e sinto falta desse material nas nossas terras tupiniquins. Ano passado tive o prazer de ter uma HQ nas páginas da revista Café Espacial, e o editor da publicação, Sérgio Chaves, foi a Portugal levar esse material pra uma exposição com os colaboradores da Café.
Os dois lados do Atlântico possuem uma produção para ser acompanhada e admirada. Espero que essas iniciativas ganhem cada vez mais força e nos aproximem mais, assim como Aqui e Acolá conseguiu fazer de maneira objetiva, mostrando o trabalho de quadrinhistas de ambos os lados.

Oito batutas da banda desenhada. Ou seria das histórias em quadrinhos?

Sorte nossa.

Aqui e Acolá: histórias dos dois lados do Atlântico
Editora Jupati Books
Autores portugueses: Carla Rodrigues, João Mascarenhas, Osvaldo Medina e Pedro Serpa
Autores brasileiros: Brão Barbosa, Laudo Ferreira, Mario Cau e Samanta Flôor
96 páginas
15,5 x 23 cm
R$ 32,00

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2016/05/aqui-e-acola.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2016/05/aqui-e-acola-300x300.jpgFloreal AndradeNas bancas / Nas livrariasAQUI E ACOLÁ,Brão Barbosa,Carla Rodrigues,João Mascarenhas,Jupati Books,Laudo Ferreira,Mário Cau,Osvaldo Medina,Pedro Serpa,Samanta FloorO primeiro desenhista de histórias em quadrinhos, ou melhor, banda desenhada de Portugal de quem ouvi falar foi o grande Jayme Cortez na Enciclopédia de Quadrinhos que ganhei em 1977. Nenhuma menção a autores de banda desenhada. Quando chegou as minhas mãos “O Grande Livro do Terror”, um novo...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe