A-saga-do-monstro-vol-1-pg001-e-212-1a-e-4a-capaO Monstro do Pântano foi criado por Len Wein (Wolverine) e Bernie Wrightson (Eerie, Creepy) em 1971 na revista House of Secrets #92, ganhando uma série própria no ano seguinte. Esse primeiro volume do Monstro do Pântano (que durou de 1972-1976) apresentou o personagem ao público como Alec Holland, um cientista trabalhando numa fórmula bio-restauradora nos pântanos da Louisiana.

Depois de enfrentar vilões, monstros fantásticos e até aliens, a revista foi cancelada e só voltou em 1982 com o escritor Martin Pasko, para um segundo volume (A Saga do Monstro do Pântano). Escreveu até a edição #19, deixando o título à beira do cancelamento. De 1983 a 1987, um jovem escritor britânico chamado Alan Moore revolucionou os quadrinhos dos Estados Unidos. Sua abordagem revolucionária na série do Monstro do Pântano, da DC Comics, definiu novos padrões para a narrativa gráfica e desencadeou uma revolução na nona arte que se reflete até os dias de hoje.

Partindo das premissas de horror gótico do título e construindo um marcante e intuitivo estilo narrativo e uma profundidade de caracterização sem precedentes, a visão de Moore foi traduzida em assombrosamente belos desenhos de colaboradores como Stephen Bissette, John Totleben, Dan Day e Rich Veich. São várias cenas de encher os olhos com cores psicodélicas, o resultado é uma das mais duradouras obras-primas dos quadrinhos.

timthumb.phpAlan Moore supera todas as expectavas criando uma narrativa em que explica as origens do personagem sem cair nos flashbacks da vida, ao mesmo tempo em que cria um novo contexto para a criatura. Ele consegue reestruturar toda a série, pra começar a criar suas próprias histórias para o Monstro do Pântano, a série prestes a ser cancelada subiu para a mais vendida da DC – cerca de 100 mil exemplares por mês, a arte de Steve Bissette e John Totleben também contribui muito para a grandeza da obra.

Outra fato que marca essa fase de Monstro do Pântano é que ela foi uma das primeiras séries da editora com conteúdo mais adulto, abordagem diferente e sombrio, sendo a base para a criação da Vertigo em 1993, se desmembrando do Universo DC.

A-Saga-do-Monstro-do-Pântano-Livro-Um-página-3Durante a era Moore, o Monstro do Pântano ficou catatônico em decorrência do choque de mergulhar-se profundamente no “verde”, uma dimensão que conecta toda a vida vegetal. Moore redefiniu o Monstro do Pântano como uma “planta – elemental”, o que deixou o personagem aberto a interpretações muito mais amplas, dando-lhe a habilidade de controlar plantas e de viajar através do “verde”.

O Monstro do Pântano, já foi publicadas no Brasil pela Editora Abril, entre os anos de 1986 e 1991, também foi publicadas pela Metal Pesado (1997), Brainstore (três volumes entre 2002 e 2003) e Pixel Media (um volume capa dura em 2007).

Este volume reúne as edições 20 a 27 de The Saga of The Swamp Thing, reproduzindo com fidelidade os primeiros passos de Alan Moore no título e inclui também prólogo do famoso autor de horror Ramsey Campbell e nova introdução pelo cocriador e editor da série original, Len Wein, com reprodução das capas originais.

A Saga Do Monstro Do Pântano – Livro Um
Editora Panini
Roteiro: Alan Moore
Arte: Stephen Bissette / John Totleben
Capa: Cartão
Lombada: Quadrada
Tipo de papel: Pisa brite
17 x 26 cm
212 páginas
R$23,90

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2014/08/swamp-thing.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2014/08/swamp-thing-300x300.jpgDiego LimaNas bancas / Nas livrariasAlan Moore,Bernie Wrightson,DC,John Totleben,Len Wein,Monstro do Pântano,Panini,Stephen Bissette,Swamp Thing,VertigoO Monstro do Pântano foi criado por Len Wein (Wolverine) e Bernie Wrightson (Eerie, Creepy) em 1971 na revista House of Secrets #92, ganhando uma série própria no ano seguinte. Esse primeiro volume do Monstro do Pântano (que durou de 1972-1976) apresentou o personagem ao público como Alec Holland,...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe