SUPERMAN VS MUHAMMAD ALILembro de ter visto Superman VS Muhammad Ali pela primeira vez no final dos anos 70 ao passar numa banca de jornal no centro da cidade quando ia trabalhar. Não comprei o “gibizão” (nos dois sentidos), pois pegava o ônibus lotado e fiquei com medo de chegar em casa com ele todo amassado.

Logo em seguida, pouco tempo depois na verdade, tive outras oportunidades para comprar, mas já era uma raridade e o preço era de outra galáxia. É assim que acontece quando uma revista reúne dois mitos, dois ícones pops nas mesmas páginas.

SMvsMAp007a079.inddTenho um amigo que detesta brigas, mas adora o esporte boxe. Nos anos 70 assisti várias lutas de Muhammad Ali na TV, mas confesso que gosto mais dos filmes sobre o esporte, com suas metáforas sobre redenção como “Punhos de Campeão”, “Cidade das Ilusões” e “A Grande Esperança Branca”.

A editora Panini deu um “nocaute”, ou melhor, um soco jab certeiro (desculpe o trocadilho) ao publicar Superman VS Muhammad Ali em uma edição de luxo com capa dura e com um preço super acessível: R$ 22,90. A HQ publicada anteriormente aqui no Brasil pela EBAL, é considerada uma raridade pelos colecionadores.

Em Superman VS Muhammad Ali, Denny O’Neil e Neal Adams aproveitam o tema da luta de boxe para passar as ideias de Muhammud Ali sobre igualdade e convivência entre os povos. E quem sabe da lenda de Muhammad Ali-Haj, nascido Cassius Marcellus Clay Jr., sabe que não foi a toa que ele foi eleito como “O Desportista do Século” pela revista americana Sports Illustrated em 1999.

superman-muhammad-ali-speechNessa graphic novel, Clark Kent, Lois Lane e Jimmy Olsen vão entrevistar o grande lutador, quando aparece um líder alienígena belicoso que propõe uma luta entre o campeão da Terra contra o campeão deles. A partir desse momento muitas coisas vão acontecer até o combate entre o Homem de Aço e Muhammad Ali.

Historicamente, um ou dois anos depois um presidente belicoso foi eleito no E.U.A levando muita tensão a um mundo já tenso, mas como diz Neal Adams na introdução “o mundo mudou desde que fizemos isso aqui, e mudou para melhor”. Também acho, já que lá eles elegeram e reelegeram o primeiro presidente negro da sua história.

Seja esperto, pois esse belíssimo álbum foi publicado em 2011 pela editora Panini e se nos basearmos em sua primeira edição, não acho difícil ele se esgotar e se tornar outra raridade, aliás, nós do Impulso HQ só tivemos acesso à essa edição da Panini graças aos nossos parceiros da Comix Book Shop.

Uma grande leitura e uma grande luta com o belo traço de Neal Adams.

Superman vs. Muhammad Ali
Editora Panini
Roteiro: Dennis O’Neil e Neal Adams
Arte: Neal Adams
Arte-final: Dick Giordano (personagens) e Terry Austin (cenários);
Capa dura
19 x 28,5 cm
Papel couché
100 páginas
R$ 22,90

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2014/07/SMvsMAp078-79-1024x760.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2014/07/SMvsMAp078-79-300x300.jpgFloreal Andradehq que aconteceDennis O'Neil,Dick Giordano,HQ Que Acontece: Superman VS Muhammad Ali,Neal Adams,Panini,Terry AustinLembro de ter visto Superman VS Muhammad Ali pela primeira vez no final dos anos 70 ao passar numa banca de jornal no centro da cidade quando ia trabalhar. Não comprei o “gibizão” (nos dois sentidos), pois pegava o ônibus lotado e fiquei com medo de chegar em casa...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe