Como alguns sabem, eu trabalho em uma das poucas loja especializada em quadrinhos em São Paulo, e em um dia desses abrindo uma caixa de livros da editora Barba Negra, me deparei com o álbum O Pequeno Pirata, do quadrinhista francês David B.

O quadrinho é baseado no conto “Le Roi Rose” (Rei Rosa, no original) do também francês Pierre Mac Orlan. O quadrinhista David B. é conhecido aqui no Brasil com os dois  álbuns de “Epiléptico”, que infelizmente não li, mas que eu já tinha curtido seus desenhos só de folheá-los.

Como a tarde estava tranquila aproveitei e li o Pequeno Pirata. Foi 1 hora de puro prazer.

Já tinha visto algumas versões da lenda do Holandês Voador, uma delas de Edgar Allan Poe, e até um conto de ficção científica com esse nome, de Ward Moore, muito bom por sinal.

Para quem não está familiarizado com as adaptações do conto, é bom ter em mente que o nome do capitão é diferente em todas elas, mas a essência da história é a mesma, uma tripulação e o navio são amaldiçoados e tem que vagar até o final dos tempos, e todos os navios que o avistam sofrem um naufrágio.

No álbum de David B., a tripulação depois de saquear e matar todos a bordo de um  navio, no início do século XX, encontra um garotinho (o rei rosa) e resolvem criá-lo.

Parece simples, mas David B. demonstra em uma narrativa segura como essa situação pode ser extremamente desconfortável, tanto para os vivos, como para os mortos.

Acontece que o tempo passa e o garoto cresce, e então chegará a hora de escolher, a vida (morte) entre os piratas que ele adora ou a vida como um garoto normal.

Claro que não estragarei o prazer e contar aqui o final dessa muito bacana que foi indicada ao Eisner Awards 2011 na categoria melhor livro estrangeiro. Não é a toa que David B.faz parte da chamada geração dos “novos quadrinhos franceses”.

David B. consegue sempre tratar de assuntos polêmicos de uma maneira sensível, como  a doença do irmão mais velho. Dessa vez quem entra em pauta é a morte, e narrada de uma maneira original.

Um dos melhores lançamentos do ano.

Pequeno Pirata
David B.
Editora Barba Negra
Tradução: Maria Clara Carneiro
20,5 x 27,5 cm
48 páginas
R$ 29,90

Floreal Andradehq que aconteceBarba Negra,David B,Pequeno PirataComo alguns sabem, eu trabalho em uma das poucas loja especializada em quadrinhos em São Paulo, e em um dia desses abrindo uma caixa de livros da editora Barba Negra, me deparei com o álbum O Pequeno Pirata, do quadrinhista francês David B. O quadrinho é baseado no conto “Le...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe