A primeira HQ que li de Jaime Hernandez foi na edição de número 4 da revista Animal no final da década de 1980. Sinceramente pensei que nunca mais veria esse tipo de material ser publicado novamente aqui no Brasil, mas felizmente a Gal Editora surpreendeu a todos em 2012 e após 20 anos de ausência, trouxe novamente esse material para as prateleiras do país.

Lembro-me que na revista Animal 4 saíram apenas 4 ou 5 histórias da série e somente no número doze da mesma revista é que foi publicada outras histórias, além de uma entrevista com o Jaime feita pela desenhista e editora Priscila Farias.

Na entrevista o autor cita um dos desenhistas que mais gostava nos anos 1980, um tal de Daniel Clowes, conhece? Agora depois de reler esse texto, vejo as semelhanças nos quadrinhos dos dois. Ambos tem predileção por um gosto para figuras bizarras, o dia a dia marcado por estranhas aventuras urbanas. Mas Jaime também tem outra característica marcante: o quadrinhista é fã de Steve Dikto. Acredito que isso está bem marcado principalmente nas suas histórias bem humoradas de ficção científica e fantasia.

A Gal Editora acertou em cheio em trazer esse clássico para o Brasil novamente. Não há uma vírgula sequer, ou um porém para negativar uma série que se tornou um marco para uma geração. Para se ter uma ideia, todos os meus amigos que fazem e são leitores de quadrinhos são fãs de Maggie, Hopey e Izzy. Um deles certa vez me disse que chegou a ter fantasias eróticas com a bonitona Penny Century, a amante do bilionário chifrudo H.R. Costigan.

É uma série que apresenta além da qualidade estética do traço de Jaime Hernandez, também traz uma abordagem que para a época que apenas nos quadrinhos independentes um autor poderia colocar: os homens nas histórias de Jaime Hernandez são meros figurantes.

Não há dúvida: quem dá as cartas em Lôcas são as mulheres. As histórias começaram como ficção científica em que Maggie era mecânica de naves espaciais e com o passar do tempo a vida cotidiana das personagens virou o centro das tramas.

Conversando com meu amigo Mário Latino, ele me disse que uma das suas histórias favoritas é “100 quartos” que faz parte deste álbum da Gal Editora. Basicamente as garotas vão parar na gigantesca casa do bilionário e acabam se metendo em confusão. Mário me chamou a atenção de que Jaime faz mudanças de técnica no desenho, mas nunca perde a qualidade.

A Gal Editora apresenta um belo encadernado que mais uma vez tivemos a oportunidade de conferir graças aos nossos parceiros da Comix Book Shop. O álbum traz o início da série com um bom acabamento e mantém as histórias em seu formato original. E aqui entra um dos principais trunfos da obra de Jaime Hernandez. A história nunca envelhece. Seu formato original com o seu texto certeiro é sempre atual.

Em 1990 ou 91 Jaime disse: “eu gostaria de vê-las crescer até 30 ou 40 anos. Elas estão crescendo devagar, mas estão crescendo… um dia a história vai acabar, mas acho ainda vou desenhar essas personagens por um bom tempo”. Ele ainda continua contando a histórias de suas Lôcas, e nós leitores de boas HQs agradecemos.

Em tempo: no começo do texto citei que a primeira história de Jaime Hernandez que li foi justamente uma da série de Lôcas. Essa HQ é a terceira história do álbum da Gal Editora. Quadrinhos para qualquer geração.

Em tempo 2: uma amiga ilustradora foi mordida pelo bicho dos quadrinhos. Ela disse que quer conhecer alguns quadrinhos supimpas. Preciso recomendar com urgência essa HQ que é sempre atual. E, é claro, recomendo para você também.

Lôcas: Maggie, a mecânica
Gal Editora
Roteiro e Arte: Jaime Hernandez
Preto, branco e cores
21 x 26 cm
152 páginas
R$ 39,90

Floreal Andradehq que aconteceGal Editora,Jaime Hernandez,Lôcas,MaggieA primeira HQ que li de Jaime Hernandez foi na edição de número 4 da revista Animal no final da década de 1980. Sinceramente pensei que nunca mais veria esse tipo de material ser publicado novamente aqui no Brasil, mas felizmente a Gal Editora surpreendeu a todos em 2012...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe