Lançado durante a Gibicon de 2012 em Curitiba, a graphic novel “Angela Della Morte” de Salvador Sanz, publicada pela Zarabatana Books, com certeza era um dos álbuns mais esperados do ano. Grande parte dessa expectativa nasceu após a sua primeira história ser publicada no Brasil, Noturno, também pela Zarabatana em 2011.

Em seu debute em terras tupiniquins Sanz agradou a muito leitores com a qualidade da sua arte e também pela temática sombria e fantasiosa. E não é nada de se espantar que depois do sucesso de Noturno, a Zarabatana tenha decidido publicar como terceiro volume da Coleção Fierro, essa fábula de ficção científica desse autor nascido em Buenos Aires em 1975 e que tem um forte direcionamento para produzir livros aconselháveis para adultos.

Essa graphic novel que nos foi enviada pelos nossos parceiros da Comix Book, foi originalmente serializada na revista argentina Fierro, e nos conta a luta de duas corporações que disputam sobre os segredos da morte. Na trama somos apresentados a agente Angela Della Morte que trabalha para os laboratórios Sibelius. E logo de cara já somos ambientados ao contexto que Sanz nos propõe: a morte pode ser vista, e podemos enganá-la.

Basicamente, nas investidas das grandes corporações em sermos eternos, é desenvolvida uma tecnologia que consiste em uma técnica de deslocar a sua alma do seu corpo morto para outro. Claro que essa nova habilidade humana não foi usada para fins benéficos. As corporações querem ter total controle e poder, logo assassinatos de pessoas importantes ligados à indústria e política se tornam armas poderosas quando o autor do crime pode transferir a sua consciência para outro corpo, deixando assim só a casca vazia de um suicida.

Mas há um grande perigo. Ser um agente de uma dessas corporações não significa que você está livre da morte totalmente. Pelo contrário, quando um corpo morre, o agente só tem apenas 35 minutos para voltar ao seu corpo, caso contrário, a morte irá destruí-lo completamente. Detalhe que a morte nessa HQ é considerada a origem do mal na alma do homem e é chamada de “veneno cinza”. Será que é a morte a origem do mal mesmo? Vale aí uma reflexão.

Lembra que comentei que eram duas corporações? Sim. Nesse nome mercado de assassinatos a concorrência é grande, e a outra corporação chamada Governo Fluo também disputa os mesmos serviços e também tem um melhor agente. Se de um lado temos Angela, do outro temos o ex-namorado da protagonista. Essas memórias de Angela nos são apresentadas como plano de fundo, para contextualizar a personalidade da moça, e isso nos é revelado bem quando ela tem que literalmente fugir da morte e do seu ex-amor, e aqui fica claro que nossa “heroína” teme os dois.

Para quem gostou de Noturno, principalmente da arte de Sanz, aqui o quadrinhista argentino repete a dose: traços expressivos, excelentes tons de cinza e ângulos de câmeras que surpreendem o leitor. A temática soturna está amenizada, mas Sanz soube mesclar o terror com a ficção científica, e ao mesmo tempo cria um amalgama entre as HQs europeias com as Comics norte-americanas. Resultado bem interessante.

A Zarabatana Books também colaborou, e lançou um álbum com excelente acabamento e apresentação gráfica. Sanz nos apresenta com a sua detalhada arte uma história sobre o mal e a morte. Mas confesso que quando a trama chega ao final, para mim ficou a impressão de que esse só foi um prólogo das aventuras de Angela. Agora é esperar e ver se o argentino dará continuação e se a personagem vai conseguir sempre fugir do encontro inadiável. E é claro, torcer que vire mais um volume da Coleção Fierro que até agora trouxe para o Brasil três grandes HQs (Noturno, Dora e Angela Della Morte).

Só biscoito fino vindo da Argentina. Imperdível.

Angela Della Morte
Coleção Fierro nº3
Editora Zarabatana Books
Roteiro e arte: Salvador Sanz
21 x 28 cm
96 páginas
R$ 35,00

Floreal Andradehq que aconteceAngela Della Morte,Coleção Fierro,Salvador Sanz,ZarabatanaLançado durante a Gibicon de 2012 em Curitiba, a graphic novel “Angela Della Morte” de Salvador Sanz, publicada pela Zarabatana Books, com certeza era um dos álbuns mais esperados do ano. Grande parte dessa expectativa nasceu após a sua primeira história ser publicada no Brasil, Noturno, também pela Zarabatana...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe