untitledDessa vez, uma resenha dupla: A Mulher Silenciosa, da editora Intríseca, e A Vela do Demônio, da editora Suma das Letras. Ambos são romances de suspense envolvendo mulheres que pareciam ser de um jeito, mas vão te surpreender durante a leitura.

A Mulher Silenciosa conta a história de Jodi, uma mulher que nunca se casou, mas mora com Todd desde que começaram a namorar. Sua vida é bastante confortável, e trabalha como psicóloga, atendendo seus pacientes em sua residência. Tudo vai bem, até que Todd começa a traí-la mais uma vez, só que agora com a filha do melhor amigo deles, a desajuizada Natasha.

Com muita psicologia, incluindo seções dela com um psiquiatra amigo seu, quando ainda cursava a faculdade, o livro tem uma narrativa dividida em duas perspectivas. A de Jodi e a de Todd. Aos poucos vamos descobrindo o passado dos dois, e lembranças ruins voltam à superfície, mesmo depois de tantos anos cuidando para que nada rompesse a superfície brilhante da vida bem sucedida que ambos levavam. Jodi se sente encurralada quando Todd a avisa que não poderá sustentar duas famílias ao mesmo tempo, e por isso ela precisa cair fora da bela casa onde eles moravam.

Capa A vela do demonio.inddA Vela do Demônio é um romance policial norueguês com muito suspense, e uma narrativa densa em primeira pessoa. Irma é uma mulher separada, cujos familiares fingem que não existe e sua única amiga só permanece ao seu lado como garantia de que é mais bonita que a pobre Irma.

Ela é uma senhora solitária que se acostumou com a solidão, e rejeita qualquer demonstração de pena ou de amizade de qualquer pessoa. Uma mulher amarga que, num dia de puro pânico, prendeu em seu porão um moleque chamado Andreas, que junto a seu amigo Zipp, tentou invadir sua casa e rouba-la. Zipp consegue fugir, e covarde como é, decide não contar à policia o que aconteceu, pois se incriminaria.

O que mais gostei no livro é da frieza do ponto de vista da Irma. Ela gosta de falar de coisas que normalmente a gente finge não saber, no cotidiano. Por exemplo, em dado momento ela se questiona se as pessoas ficariam com tanta pena de Andreas por ter desaparecido, se ele não fosse tão bonito. E resolve que muito provavelmente ninguém sentiria falta dele.

Muitas outras coisas são narradas em terceira pessoa paralelamente à narração de Irma, e aos poucos descobrimos detalhes sobre o relacionamento de Andreas e Zipp, Irma e seu filho, etc. O inspetor Sejer é escalado para investigação, e fica responsável pelo caso. Aos poucos detalhes chegam em fragmentos até ele, que por mais que se esforce, não consegue juntá-Los até que façam algum sentido.

Tratam-se ambos os livros da fragilidade dos relacionamentos, e de como dados acontecimentos se dão sem que tenhamos muito o que fazer a respeito, e que mudam o curso da nossa história. São livros femininos, e graças às possibilidades que os diversos pontos de vista nos dão, podemos ter uma nítida ideia da diferença sutil do foco de pensamento entre os gêneros. E de como, apesar de tudo, as aparências sempre serão o foco de nossa maior preocupação.

Resolvi agrupar esses dois logo após A balada de Adam Henry por suas semelhanças. Este último é mais crítico e mais bem escrito, mas no fundo a temática é a mesma: até que ponto somos capazes de sacrificar os outros e a nós mesmos para mantermos a imagem que gastamos a vida toda a formar?

A Mulher Silenciosa
Título Original: The silent wife
Editora Intrínseca
Autor: William Golding
Tradução: Alexandre Raposo
Gênero: Romance, suspense
Número (edição): 1 – ano 2014
254 páginas

A Vela do Demônio
Título Original: When The Devil holds The candle
Editora: Suma das Letras
Autor: Karin Fossum
Tradução: Renato Marques
Gênero: Romance, Policial, suspense
Número (edição): 1 – ano 2012
216 páginas
R$ 34,90

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2015/01/Mulher-silenciosa_vela_do_demonio.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2015/01/Mulher-silenciosa_vela_do_demonio-300x300.jpgSue Lobofora das HQsA Mulher Silenciosa,A Vela do Demônio,Alexandre Raposo,Intrínseca,Karin Fossum,Renato Marques,Suma das Letras,The silent wife,When The Devil holds The candle,William GoldingDessa vez, uma resenha dupla: A Mulher Silenciosa, da editora Intríseca, e A Vela do Demônio, da editora Suma das Letras. Ambos são romances de suspense envolvendo mulheres que pareciam ser de um jeito, mas vão te surpreender durante a leitura. A Mulher Silenciosa conta a história de Jodi, uma...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe