Primeiro livro da artista argentina publicado no País retrata a Guerra do Paraguai a partir da história do pintor Cándido López (1840-1902)

A editora Lote 42 lança neste mês a novela gráfica A Mão do Pintor (La Mano del Pintor), da argentina María Luque. É o primeiro livro da autora lançado no Brasil. Luque virá a São Paulo participar de atividades relacionadas à obra a partir de 19 de setembro.

A Mão do Pintor mistura autobiografia familiar com fantasia. O tataravô da María, Teodosio Luque, foi um estudante de medicina enviado à Guerra do Paraguai. Para salvar o soldado e pintor Cándido López de um grave ferimento, ele teve de amputar uma de suas mãos. No livro, Cándido volta para pedir a María Luque que o ajude a finalizar uma série de pinturas relacionadas ao conflito.

O livro, com tradução da Mariana Sanchez, tem 192 páginas coloridas e contou com apoio do Programa Sur, do ministério das Relações Exteriores da Argentina.

O primeiro compromisso da autora no Brasil é uma palestra sobre as possibilidades da novela gráfica na Casa Tombada (Rua Ministro Godói, 109, Perdizes) no dia 19 de setembro, com entrada gratuita. No dia seguinte, ela ministra um workshop de autorretrato na Quanta Academia de Artes (Rua Dr. José de Queirós Aranha, 246, Vila Mariana), com inscrições a R$ 50. No sábado (21) ela lança o livro na Feira Compasso, no IABsp (Rua Bento Freitas, 306, Vila Buarque), em mesa-redonda com a tradutora Mariana Sanchez. Por fim, María Luque tomará chimarrão e conversará com leitores na Banca Tatuí (rua Barão de Tatuí, 275, Santa Cecília) no dia 22 de setembro, a partir das 14h.

A quadrinista e artista visual argentina María Luque, 36 anos, venceu o Prêmio de Novela Gráfica Ciudades Iberoamericanas em 2017 com o livro Casa Transparente. É autora também dos livros Espuma (Galería Editorial, 2018), Chamamé (La Silueta, 2016) e Noticias de Pintores (Editorial Sigilo, 2019). Realizou uma série de trabalhos para a newsletter de Lena Dunham, da série Girls, e também participou da primeira edição da Sudestada, uma exposição de ilustradores argentinos contemporâneos com curadoria de Ángela Corti e Alejandro Bidegaray. Foi uma das criadoras do Festival Furioso de Dibujo em Rosario.

A Mão do Pintor
Editora Lote 42
Autora: María Luque
Tradução: Mariana Sanchez
Colorido
192 páginas
17 x 23 cm
R$ 65

Quadrinista María Luque vem ao Brasil lançar livro A Mão do Pintorhttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2019/09/a-mao-do-pintor-lote-42.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2019/09/a-mao-do-pintor-lote-42-150x150.jpgRenato LebeaunotíciasquadrinhosA Mão do Pintor,Lote 42,María LuqueFacebook Twitter Instagram Youtube Primeiro livro da artista argentina publicado no País retrata a Guerra do Paraguai a partir da história do pintor Cándido López (1840-1902) A editora Lote 42 lança neste mês a novela gráfica A Mão do Pintor (La Mano del Pintor), da argentina María Luque. É o primeiro livro da autora...O Impulso HQ é um site e canal no YouTube dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!