Com tiragem limitada, publicação apresenta HQs raros com as primeiras ideias de Marge e enredos em que diferentes personagens da turma ainda estreavam ao lado da garota de boina vermelha

FIQUE LIGADO: Sortearemos durante a semana no nosso perfil do Twitter, o @impulsohq, três “Luluzinha – Primeiras Histórias” . Três seguidores ganharão um álbum cada. Siga e dê RT. Resultado na sexta-feira, dia 10/5.

Em comemoração aos mais de setenta anos do lançamento de Luluzinha, o selo Pixel lança um livro especial com uma seleção dos primeiros quadrinhos publicados com a personagem clássica. O livro intitulado Luluzinha – Primeiras Histórias chega às bancas em formato e papéis diferenciados, com dados e curiosidades sobre a história da personagem que desde os traços iniciais, apresenta a inquietação, atitude e irreverência que conquistou inúmeros fãs e polêmicas.

Sua independência, atitudes feministas e visão crítica não eram comuns à sociedade de 1930, quando foi criada por Marjorie Henderson Buell, mais conhecida por Marge. Afora risadas, algumas histórias também provocavam reações nos mais conservadores, chegando inclusive a ser censuradas. Uma delas é resgatada nessa seleção de HQs que chega agora às bancas. Um verdadeiro tesouro para fãs e colecionadores dos quadrinhos clássicos.

Nascida inicialmente em 1935 para divertir leitores por meio das tirinhas do Saturday Evening Post, Luluzinha ganhou os quadrinhos apenas depois de uma série de aparições em comerciais, filmes e propagandas que a deixaram famosa.

Após sete anos de aventuras em HQ, Luluzinha conquistou o mundo em 1943, quando a Paramount Pictures produziu as primeiras animações focadas na personagem. Luluzinha – Primeiras Histórias resgata as melhores histórias desse período (décadas de 1940 e 1950), afora algumas raridades publicadas anteriormente. É o caso dos quadrinhos que abriram a edição inicial de Luluzinha e também da história que marcou a chegada de Alvinho aos quadrinhos.

O livro traz ainda a história em que a bruxa Alcéia debuta nos HQs da Lulu. Nesse enredo, inédito no Brasil, a bruxa ainda não tinha nome, porém já trazia os traços e comportamentos que caracterizam a personagem. Bolinha também não fica de fora. O garoto comilão traz a história que abriu a revista Tubby – Capitão Yo-Yo (Tubby é nome do personagem nas edições americanas). À época, a trama encontrou dificuldades para publicação por ser mais longa, contém 34 páginas.

Dentre tantas histórias raras, uma ganha destaque particular. A trama em que Lulu narra a Alvinho um conto sobre o ‘Bicho-Papão’. O personagem fantástico que não assusta as crianças de hoje era um verdadeiro tabu nos anos de 1940. Por ser considerada forte demais para as crianças da época, a história foi censurada – e somente, na década de 1980, o público teve acesso a essas tiras que hoje são resgatadas no Luluzinha – Primeiras Histórias para os novos e antigos fãs da personagem.

A retomada dos clássicos de Luluzinha vai além do conteúdo e traços. O livro apresenta as mesmas cores que fizeram sucesso nas publicações de origem. Os coloristas da Pixel reproduziram os mesmos tons originais a fim de produzir uma edição completamente fiel à de base. A edição acompanha ainda um quebra-cabeças especial para divertir crianças e adultos aficionados pelas personagens da turma.

Luluzinha – Primeiras Histórias

Pixel
17 x 24 cm
128 páginas
R$ 16,90

FIQUE LIGADO: Sortearemos durante a semana no nosso perfil do Twitter, o @impulsohq, três “Luluzinha – Primeiras Histórias” . Três seguidores ganharão um álbum cada. Siga e dê RT. Resultado na sexta-feira, dia 10/5.

Renato LebeauquadrinhosLuluzinha,Marge,Marjorie Henderson Buell,PixelCom tiragem limitada, publicação apresenta HQs raros com as primeiras ideias de Marge e enredos em que diferentes personagens da turma ainda estreavam ao lado da garota de boina vermelha FIQUE LIGADO: Sortearemos durante a semana no nosso perfil do Twitter, o @impulsohq, três 'Luluzinha – Primeiras Histórias' . Três...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe