A peça “Chapa Quente” volta a ser encenada, agora no Rio de Janeiro.

Vai ser uma curta temporada. São três apresentações, de sexta-feira a domingo.

O trabalho é baseado em histórias em quadrinhos criadas pelo arquiteto e ilustrador André Kitagawa. São microcontos, que usam a questão urbana como tema.

A primeira montagem -feita pelo grupo teatral Cemitério de Automóveis, do diretor Mário Bortolotto- foi encenada em São Paulo, em maio de 2006.

Houve uma segunda apresentação em março do ano passado.

Algumas das histórias apresentadas na peça haviam sido veiculadas inicialmente no site do desenhista. Ainda estão disponíveis para leitura na página virtual.

Uma delas é “Paranga Insana”, cujo trecho é mostrado no início da postagem.

As narrativas foram também compiladas num álbum, “Chapa Quente”, lançado em 2006. A obra foi indicada a um dos prêmios HQMix no ano passado.

“Chapa Quente”
Sexta, sábado e domingo.
Horário: 20h.
Teatro Municipal Ziembinski.
Rua Heitor Beltrão, s/n, Tijuca, Rio de Janeiro.
R$ 15,00.

Copiado do Blog dos Quadrinhos

Renato LebeauquadrinhosAndré Kitagawa,Chapa QuenteA peça 'Chapa Quente' volta a ser encenada, agora no Rio de Janeiro. Vai ser uma curta temporada. São três apresentações, de sexta-feira a domingo. O trabalho é baseado em histórias em quadrinhos criadas pelo arquiteto e ilustrador André Kitagawa. São microcontos, que usam a questão urbana como tema. A primeira montagem...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe