anno_dracula

Anno Dracula, de Kim Newman, chega ao Brasil pela Editora Aleph

Livro subverte a mais conhecida história de vampiros de todos os tempos e cria uma narrativa que mistura personagens reais e fictícios, em trama que se passa na Inglaterra vitoriana.

O lançamento oficial do livro será feito no dia 27/11 na FANTÁSTICA JORNADA NOITE ADENTRO STEAMPUNK – na biblioteca pública Viriato Corrêa.

Em Drácula, obra máxima da literatura vampiresca escrita por Bram Stoker, o temido vampiro é perseguido e derrotado por Van Helsing. Mas e se Drácula tivesse triunfado? Partindo dessa premissa, o autor Kim Newman apresenta em Anno Dracula uma original e inusitada versão desse clássico. Nela, o Rei dos vampiros desposa a rainha Vitória e dá início a sua linhagem sombria na Inglaterra do século XIX.

Londres passa a viver em uma desordem pública após o casamento real. Os vampiros começam a “transformar” a população e impor o seu império. Em meio a esse cenário, misteriosos assassinatos começam a ocorrer no bairro de Whitechapel. As vítimas, todas vampiras, são brutalmente mutiladas.

Aqui o autor, além de modificar as regras do gênero, suprimindo a imortalidade dos vampiros, faz também uma referência direta aos assassinatos cometidos na época por Jack, O estripador.

Os crimes trazem mais tumulto para a cidade, e surgem protestos contra o governo. Todos são imediatamente reprimidos pela violenta guarda Carpatiana do príncipe consorte, em um episódio que fica conhecido como “o domingo sangrento”.

Para conter o caos, a Scotland Yard terá que enfrentar as nebulosas noites londrinas atrás do assassino, e para isso contará com a ajuda de Geneviéve, uma vampira aristocrática, e Beauregard, um distinto membro de um clube político secreto.

Anno Drácula combina mistério, horror e política, em uma narrativa sarcástica. Com uma apurada pesquisa histórica, a trama apresenta vários elementos do período vitoriano, auge da revolução industrial. Os vampiros contribuem para “suplantar com o poder de sangue a revolução”.

O livro reúne ainda personagens antológicos da literatura e do cinema de horror, como Conde Orlock, do filme Nosferatu e Henry Jekyll, de O Médico e o monstro. Todos dividem o mesmo universo ficcional com personagens reais, como Oscar Wilde e o próprio Bram Stoker. Essa edição brasileira traz um guia inédito de personagens para orientar o leitor.

Lançado com grande sucesso em 1992 na Inglaterra, Anno Drácula – vencedor do prêmio International Horror Guild e finalista do Bram Stoker Award – chega agora ao Brasil como uma decisão participativa dos fãs, que sugeriram sua publicação pelo Orkut, na maior comunidade brasileira de ficção científica, com quase 5500 membros.

Sobre o autor:
Jornalista, crítico de cinema e escritor, o londrino Kim Newman lançou seu primeiro livro em 1985, Ghastly Beyond Belief: The Science Fiction and Fantasy Book of Quotations, um trabalho não ficcional em parceria com Neil Gaiman.

Seu romance de estreia, The Night Mayor, é de 1989, seguido por Bad Dreams (1990), Jago (1991) e, finalmente, Anno Dracula, em 1992, livro que o projetou como autor de horror e ficção.Escreveu também textos de fantasia juvenil sob o pseudônimo de Jack Yeovil e vários contos de ficção científica, publicados em antologias.

O sucesso de Anno Dracula deu origem a duas continuações: The Bloody Red Baron (1997) e Dracula Cha Cha Cha (1998).

Renato LebeauquadrinhosAnno Dracula,Bram Stoker,Drácula,Editora Aleph,FANTÁSTICA JORNADA NOITE ADENTRO STEAMPUNK,Jack,Kim Newman,Neil Gaiman,O estripador,Scotland Yard,Van Helsing,Viriato CorrêaAnno Dracula, de Kim Newman, chega ao Brasil pela Editora Aleph Livro subverte a mais conhecida história de vampiros de todos os tempos e cria uma narrativa que mistura personagens reais e fictícios, em trama que se passa na Inglaterra vitoriana. O lançamento oficial do livro será feito no dia 27/11...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe