Por Dennis Rodrigo

O trocadilho acima, que remete a frase clássica “os brutos também amam”, é plenamente cabível se você quiser saber um pouco sobre as (eternas) namoradas dos super-heróis brasileiros.

Sejam elas do tipo mocinha em perigo, colegial linda e popular, repórter destemida ou mesmo uma misteriosa femme fatale, essas personagens cativam muitos leitores por meio da expectativa de um certo “finalmente” entre o herói e sua amada que tende a crescer a cada nova aventura.

Mesmo com seus vastos poderes e comportamento de bom rapaz do interior, o último filho de Krypton levou mais de cinquenta anos para conduzir a jornalista mais corajosa de Metrópolis para o altar. O Cabeça de Teia foi mais rápido! Talvez por medo de perder a ruiva mais cobiçada da Casa das Ideias. Mas, e as namoradas de alguns dos maiores heróis nacionais? Quem são elas? Andam precisando discutir o relacionamento? Saiba agora!

Raio Negro e Marajoara – Uma das figuras mais icônicas da HQB, o tenente Roberto Sales, vulgo Raio Negro, criado pelo eterno mestre Gedeone Malagola em meados da década de 1960, é fiel a sua amada Marajoara Campos há décadas! E esse amor é tão forte, embora não fosse diretamente correspondido nas aventuras ilustradas por Malagola, que o herói chegou a superar os efeitos de um raio de petrificação lançado pelo Andróide-7 do vilão Capitão Op-Art (vide Raio Negro número 4, editora Júpiter II) para reverter sua loira ao estado normal!

Nas edições mais “recentes”, com roteiros de Gedeone, mas com desenhos de novos artistas, as aventuras se passam no tempo presente, os personagens estão casados, Marajoara, naturalmente, sabe a verdade sobre a identidade do Raio Negro e eles mantiveram sua aparência jovem graças a um soro especial criado por Magnun, o Mágico, inimigo do herói.

Vulto e Márcia – Nelson Montenegro, o vigilante mais barra pesada de Belo Horizonte, criado por Wellington Santos em 1990, também conhecido como o “caçador de criminosos”, encontra refúgio de sua guerra declarada contra o crime em Márcia, uma moça calma e compreensiva.

O Vulto é um guerreiro urbano implacável que não hesita em erradicar de uma vez por todas a escória da criminalidade, mas em sua identidade civil Nelson é um sujeito decente e tranquilo, que leva seu romance muito a sério e sempre presta contas a sua sogra, Dona Lecy.

Meteoro e Laura Lopez – Conheci pelo menos três versões diferentes da criação de Roberto Guedes e todas tem a musa de iniciais repetidas como fonte de inspiração. Seja na versão loiro bombado, seja como Ricardo “Ric” Marinetti ou Roger Mandari, Laura é uma constante nas aventuras do Meteoro.

E o elemento “nomes com iniciais que se repetem” não é a única influência dos heróis americanos… Basta notar como o amor é dificilmente correspondido entre o garoto nerd e a garota mais linda e popular da escola.

Cometa e Silvana – O super-herói extra-dimensional criado por Samicler Gonçalves é apaixonado pela dócil Silvana desde a primeira edição em que os personagens se viram, mas ainda assim as coisas não são nada fáceis para o bem intencionado rapaz. Embora a moça se interesse pelo instrutor de surf mais poderoso de Florianópolis, a vida heróica cobra um alto preço: dedicação (quase) exclusiva ao combate ao mal.

O caso é que tudo ia bem, mas problemas na dimensão de origem do Cometa fizeram com que ele fosse até lá e passasse meses incapaz de responder aos telefonemas da donzela, o que representou um balde de água fria nas expectativas da garota. De volta a Floripa, Marcelo, nome civil do Cometa, bem que vem tentando, com a ajuda do jovem amigo Jonas, se aproximar da linda Silvana, mas a cada nova investida um vilão promove uma situação que coloca tudo a perder. Exigências da vida de uma vida de heroísmo, amigos… Quem disse é moleza? Não existem poderes gravitacionais que dêem jeito nisso.

Máscara Noturna e Zhang / Máscara Noturna e Rita – No quesito relacionamento, o personagem criado por José Salles, além de amaldiçoado pelo Fogo de Kaya, uma entidade maligna, é digno de Macunaíma. Nas primeiras edições, Rick Lee, o Máscara Noturna, demonstra um discurso machista, orgulhoso de ser o primeiro e único homem da vida da dedicada e linda Zhang.

Mesmo com todo o carinho que recebe da jovem nissei, o policial não perde tempo na hora de ir ao encontro de sua fogosa amante Rita. No entanto, durante o decorrer de suas aventuras, uma série de eventos traumáticos faz com que Lee perda Zhang e Rita. Tempos depois, amadurecido no calor das responsabilidades, o Máscara Noturna retoma seu relacionamento com Zhang e, pouco depois, alcança redenção… Literalmente.

Tormenta e Rita – Éder, o Tormenta, criação de Edu Manzano, é um sujeito desencanado, piadista e bem humorado assim como um certo aracnídeo amigão da vizinhança. Casado com a bela Rita, que sabe da vida dupla do publicitário e que entende o valor de seu “trabalho como lenda urbana combatente do crime”. Rita e Éder demonstram um relacionamento moderno, repleto de compreensão e amizade, fato raro na vida dos super-heróis (que devem ficar atormentados de inveja do Éder).

Velta e Gil – Emir Ribeiro fez de Gil Gomes (o personagem detetive particular, não o jornalista de fala sardônica) um felizardo quando decidiu que ele seria alvo do interesse romântico de Kátia Lins, criação máxima do artista paraibano, mais conhecida pelo codinome Velta. Mulher de personalidade forte, sexy, poderosa e decidida, Velta e o investigador Gil já se envolveram em várias ocasiões.

Embora não seja conveniente que seus respectivos cônjuges venham a saber, é fato que Raio Negro e Velta sentiram um certo fetiche um pelo outro nas ocasiões em que se uniram em prol de um bem maior. Isso pode ser conferido especialmente durante o confronto ao lendário Garra Cinzenta.

Crânio e Michelli –
Mesmo se tratando de uma figura silenciosa e solitária, o alienígena do planeta Stron, criado por Francinildo Sena, já sentiu a emoção de estar apaixonado. Para além da trágica capa de um fanzine em que ele aparece com uma fêmea de sua raça moribunda nos braços, ele se envolveu afetivamente com uma humana chamada Michelli, mesmo que tenha sido em razão do ardil de uma organização maligna.

A personagem, uma prostituta, foi apresentada durante do crossover entre o Crânio e o Cachorro de Rua, criado por Mark Novoselik, intitulado “Nada é por acaso”. Em 2008, Sena deu início a publicação da saga em três partes chamada Primogênito, evento que comemoraria os 20 anos do personagem.

Já na primeira parte da trama, Michelli e Crânio se envolvem sexualmente e, num momento digno de ficção científica, a garota amanhece com uma barriga enorme. A edição seguinte traz o Crânio sentindo a leveza e o bem estar do amor… Até que ele é forçado a partir em resgate de Michelli. Infelizmente, a morte precoce do desenhista Mark Novoselik interrompeu a publicação de Primogênito, que até hoje permanece sem conclusão…

Gavião e Fernanda – O herói conhecido como Gavião, criado por Dennis Oliveira, havia se ferido em combate corpo a corpo contra o Dr.Medusa, inimigo do Raio Negro e, durante a madrugada, procurou atendimento num hospital valendo-se de sua identidade civil, Rodrigo Amaral.

A doutora Fernanda prestou cuidados médicos e decidiu aceitar um inusitado convite para tomar café da manhã com o humilde rapaz, dando início ao romance, que, às vezes, estremece devido às “mentirinhas sociais” contadas pelo vigilante. Nada que qualquer super-herói que se preze não entenda a situação do Gavião…

Judoka e Lúcia –
O herói brasileiro mais proeminente nas artes marciais, Carlos Silva, vulgo Judoka, criação do escritor Pedro Anísio, não só tinha uma namorada, mas também uma companheira de aventuras. Sim, não demorou nada para que a personagem Lúcia possuisse uniforme e máscara em perfeita “unidade visual” com o lutador. Imagine se ela decide discutir a relação durante um quebra pau com marginais? Coitados dos caras…

______________________________

Leitor: O texto deste post que você acabou de ler foi enviado pelo autor, Dennis Rodrigo, para colaborar com o Impulso HQ. Lembre-se que você também pode enviar os seus textos sobre histórias em quadrinhos e personagens de HQ para o site para eles serem divulgados aqui no site!

Renato LebeauquadrinhosCarlos Silva,Cometa,Crânio,Dennis Oliveira,Edu Manzano,Emir Ribeiro,Francinildo Sena,Gavião,Gedeone Malagola,José Salles,Judoka,Marajoara,Máscara Noturna,Meteoro,Raio Negro,Roberto Guedes,Samicler Gonçalves,Tormenta,Velta,Vulto,Wellington Santos,ZhangPor Dennis Rodrigo O trocadilho acima, que remete a frase clássica “os brutos também amam”, é plenamente cabível se você quiser saber um pouco sobre as (eternas) namoradas dos super-heróis brasileiros. Sejam elas do tipo mocinha em perigo, colegial linda e popular, repórter destemida ou mesmo uma misteriosa femme fatale, essas...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe