A síndrome de Down é causada pela presença de três cromossomos 21 em todas ou na maior parte das células de um indivíduo, por isso a síndrome de Down também é chamada de trissomia do 21. Isso ocorre na hora da concepção de uma criança. Ainda não há explicações científicas sobre o motivo que leva a célula do espermatozoide ou do óvulo terem um cromossomo a mais, causando a síndrome. Porém hoje essas pessoas especiais podem chegar a viver em média até os 70 anos; enquanto que em 1959, quando a caracterização genética foi descoberta, a expectativa de vida de uma criança que nascia com a síndrome era de apenas 15 anos.

“Não era você que eu esperava” é uma graphic novel feita justamente para você entender melhor sobre os portadores de trissomia, quebrar preconceitos e saber como se portar com trissomicos e com seus pais.

Em páginas monocromáticas, Fabien Toulmé, o autor, retrata sua própria história sobre como encarou a notícia de que sua filha possuía síndrome de down e como passou por todos os estágios até aceitar a ideia e amá-la da maneira que nasceu.

Fabien é um francês que casou com uma brasileira e morou por um período no Brasil, a HQ publicada aqui no nosso país pela Editora Nemo mostra a relação do autor desde a segunda gravidez de sua mulher, quando o primeiro exame passível de identificar a trissomia é feito (e aqui vai meu spoiler: não é nesse momento que o casal descobre), até Julia (a segunda filha do casal) ainda pequena com três anos de idade.

Nesse meio tempo podemos ver relatos sinceros da relação de pai para filha, ele não nega a sinceridade quando admite que pensou que poderia ter abortado a criança se tivesse descoberto o caso de trissomia antes de nascer, ou quando diz que não sentia nenhum amor pela bebe que havia nascido.

Durante a leitura aprendemos a amar Julia com suas especialidades, aprendemos a enxergar a trissomia não como uma deficiência e somos ensinados a tratar esses casos e principalmente a se dirigir aos pais que vivem essa situação.

É importante ressaltar que Fabien pensava, tal qual esses paradigmas de que o filho trissomico vai sempre depender do pai, que é uma criança doente, e todos aquele preconceito que temos enraizado na sociedade.

Com os passar dos capítulos vamos com a família as consultas com especialistas, à reuniões em grupos de ajuda e podemos ver a preocupação da família com a educação da pequena Julia; e com isso aprendemos junto com o pai que aquele preconceito é antigo e ultrapassado; cada vez mais pessoas com síndrome de Down levam a vida de maneira mais independente e com qualquer outra pessoa viveria.

A graphic novel traz uma lição de vida onde aprendemos e evoluímos junto com o autor, através de cada momento. Podemos sentir tudo por que ele passou.

Assim como várias outras graphic novels que a Editora Nemo vem trazendo, “Não era você que eu esperava” ensina e nos ajuda a refletir sobre problemáticas e deficiências que a sociedade atual deve corrigir, quebras de paradigmas e até a desmitificação de pontos como a Síndrome de Down, no caso desse livro; ou a AIDS, como no caso de Pílulas Azuis.

Um trabalho muito importante que a Nemo vem fazendo ajudando a tocar em assuntos antes tratados de forma errada.

Não era você que eu esperava
Editora Nemo
Autor: Fabien Toulmé
Tradução: Fernando Scheibe
Acabamento brochura
256 páginas
17 x 24 cm
R$ 59,80

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2017/09/Não-era-você-que-eu-esperava-1.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2017/09/Não-era-você-que-eu-esperava-1-150x150.jpgBarbara HeliodoraNas bancas / Nas livrariasquadrinhosresenhasFabien Toulmé,Fernando Scheibe,Não era você que eu esperava,Nemo,Síndrome de Down.A síndrome de Down é causada pela presença de três cromossomos 21 em todas ou na maior parte das células de um indivíduo, por isso a síndrome de Down também é chamada de trissomia do 21. Isso ocorre na hora da concepção de uma criança....O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe