a-infancia-do-brasil-jose-aguiar-3Em 6 capítulos mensais, o quadrinista faz uma jornada pelas diferentes formas de ser criança através de cinco séculos de História do Brasil

Em sua nova obra, o premiado quadrinista José Aguiar lança seu olhar sobre o passado, para refletir sobre nosso presente. Através de uma história em quadrinhos, divida em 6 capítulos, que serão publicados mensalmente no site www.ainfanciadobrasil.com.br, ele leva o leitor a uma viagem pela História do Brasil para descobrir o passado da fase de maior importância na vida de todos: a infância.

“Trata-se da primeira HQ que publico exclusivamente na internet e um dos projetos mais desafiadores que criei”, diz Aguiar que produz a webcomic que narra como era ser criança em cada século de nossa história, desde o século XVI até hoje. O site também apresenta material extra, como textos sobre o contexto histórico que cada capítulo aborda, além de estudos e depoimentos do autor sobre seu processo de criação. Conteúdos que, juntos, formam uma jornada por outras infâncias que fizeram a infância do Brasil. Trata-se de um projeto de alcance internacional, pois todos os episódios são disponíveis nos idiomas inglês, francês e espanhol, além do português.

a-infancia-do-brasil-jose-aguiar-2Criada por Aguiar (concepção, roteiro, desenhos e arte-final) e colorida por Joel de Souza propõe uma viagem reflexiva sobre a história de um país ainda em processo de amadurecimento. Mas não se trata de um olhar sobre datas ou personagens históricos, mas de uma perspectiva humana. Cada capítulo aborda as relações das pessoas comuns e a forma como elas se relacionavam com suas crianças dentro dos momentos históricos por elas vividos. Partindo do século XVI, a cada capítulo, o autor retrata uma época diferente da construção de seu país. Sempre enfocando uma visão diferente de infância, para nos confrontar com o fato de que nem sempre ser criança era como nós entendemos hoje em dia. Segundo José Aguiar, seu objetivo é buscar entender melhor nosso presente.

Mesmo sendo uma obra de ficção, para a construção de roteiros historicamente corretos, Aguiar contou com a consultoria da historiadora Claudia Moreira, doutoranda pela Universidade Federal do Paraná. Além de fornecer informações úteis à criação de personagens e cenários, no site, ela contextualiza através de artigos, a realidade de cada século em que se ambientam as tramas criadas pelo artista.

a-infancia-do-brasil-jose-aguiar-4“O formato digital oferece formas de interatividade que seriam difíceis de agregar à história em outro suporte. Através deles, posso partilhar mais informação do que aquela visível na primeira leitura da obra. O leitor pode ter acesso às pesquisas, fontes bibliográficas, enfim, ao mundo em que mergulhei para criar essa grande saga sobre a infância.”– explica Aguiar.

“Se eu optasse pelo impresso tradicional para iniciar esse projeto, ele teria uma abrangência menor e menos agilidade para se difundir. E os quadrinhos funcionam muito bem para leitura em dispositivos eletrônicos, sejam eles móveis ou não. As webcomics estão reinventando a maneira não só de ler as HQs, mas também de distribuí-las. Com as versões traduzidas e disponíveis online posso atingir simultaneamente leitores em qualquer país. E, neste momento, com eventos recentes como a Copa do Mundo ou pelas manifestações políticas que temos vivenciado, ou as Olimpíadas de 2016, o mundo tem sua atenção voltada para o Brasil. Há muita vontade, por parte de quem é de fora, de entender melhor como é o meu país. Mas também é um ótimo momento para nós, brasileiros, entendermos melhor como chegamos aqui.” – complementa o autor.

a-infancia-do-brasil-jose-aguiar-1Uma versão impressa e estendida da saga publicada online pode vir a ser criada futuramente, pois Aguiar acredita que, com a audiência atingida pelo projeto, o interesse de editores não só do Brasil, mas também do exterior, permitirá a que o projeto possa ser expandido.

O formato digital não anula o valor do livro impresso. Inclusive uma edição especial, reunindo todo o conteúdo disponível no site e novos capítulos poderia trazer novas possibilidades, como a sua utilização em escolas, por exemplo. Há muitas histórias chocantes, engraçadas ou mirabolantes que aconteceram nos últimos 500 anos de nossa infância. Delimitar o que se tornou tema em cada capítulo dessa “saga” foi um grande desafio, pois a História do Brasil é mais complexa e rica do que costumamos imaginar. E chegou a hora de pararmos de subestimar nossas origens e contar essas histórias para o mundo.

O projeto “A Infância do Brasil” é realizado pela Quadrinhofilia Produções Artísticas, através do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura da Fundação Cultural de Curitiba, com incentivo da Caixa Econômica Federal.

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2015/09/a-infancia-do-brasil-jose-aguiar.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2015/09/a-infancia-do-brasil-jose-aguiar-300x262.jpgRenato LebeauquadrinhosA Infância do Brasil,Joel de Souza,José Aguiar,Quadrinhofilia,webcomicEm 6 capítulos mensais, o quadrinista faz uma jornada pelas diferentes formas de ser criança através de cinco séculos de História do Brasil Em sua nova obra, o premiado quadrinista José Aguiar lança seu olhar sobre o passado, para refletir sobre nosso presente. Através de uma história em quadrinhos, divida...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe