A história em quadrinhos sobre húngaro Mihály Oláh, que rodou o mundo e atualmente aos 100 vive no Brasil, ganhou uma matéria na revista Carta Capital.

Quem assina o texto é a jornalista Ana Vargas, que enfoca como a vida impressionante de Mihály (pronuncia-se Mirrái) surpreende por ter se uma HQ somente agora. O personagem central foi prisioneiro dos nazistas durante a II Guerra Mundial, fez parte de um esquadrão anti-bombas do qual apenas ele sobreviveu, foi salvo e salvou o General Tito da Iugoslávia, atuou como informante dos Aliados.

Após a Guerra, veio para o Brasil, onde trabalhou como mordomo na recém inaugurada Brasília, como padeiro, marinheiro (época em que conheceu Nelson Mandela na prisão) e até como garimpeiro em Serra Pelada no início dos anos 1980.

Ana Vargas também abre espaço no seu texto para falar sobre o projeto da HQ que foi encabeçado pela professora Eloisa Borges, que contou com a ajuda do publicitário Dennis Oliveira, que coordenou uma equipe de dez ilustradores de todo o Brasil.

Para ler a matéria completa da revista Carta Capital, sobre a HQ Destemido, clique aqui. Para ler a notícia sobre a obra aqui no Impulso HQ, clique aqui.

Renato LebeauquadrinhosCarta Capital,Dennis Oliveira,Destemido,Eloisa Borges,Mihály OláhA história em quadrinhos sobre húngaro Mihály Oláh, que rodou o mundo e atualmente aos 100 vive no Brasil, ganhou uma matéria na revista Carta Capital. Quem assina o texto é a jornalista Ana Vargas, que enfoca como a vida impressionante de Mihály (pronuncia-se Mirrái) surpreende por ter se uma...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe