O guia não é uma notícia recente, mas é sempre bom reforçar a idéia de que ele existe.
Com conceitos que passam por “O que é ser um ilustrador?”, “O que é uma ilustração?”, “Como montar o portifólio?” e etc.

Além de literalmente ser um guia com links interessantes, livros, anuários, ferramentas e materiais, o que mais considero importante é a postura que é colocada para o ilustrador, o como se portar profissionalmente, seguir cronograma e não ser apenas artista plástico.
Sempre defendi esse tipo de posição, principalmente para o profissional de quadrinhos, sempre achei que uma revista entra em descrédito quando atrasa, e o que me espanta é quando é divulgado que o ilustrador atrasou a entrega!!!… gente isso não pode acontecer, se eu sou dono de uma empresa que contrata um ilustrador estabeleço um prazo e faltando dois dias ele vem com uma história que não teve “inspiração” para conseguir concluir o job, eu demito o infeliz.

Eu não sou nenhum carrasco e muito menos um insensível, mas analiso de um ponto de vista empresarial, porque não podemos esquecer que é disso que se trata: empresa – negócios – dinheiro, afinal se o ilustrador tem família e não pode ficar desempregado, o contratante é que vai ficar desempregado se não publicar a mídia.

Sim terão aqueles que irão falar: “mas sem inspiração não tem como criar”, o que eu concordo até certo ponto.

O profissional que trabalha com a comunicação visual precisa da inspiração? Ele precisa se inspirar em algo para criar? Ou ele tem que esperar a iluminação Divina e esperar a idéia vir do além?

Sinceramente minha opinião é considerar a metodologia do profissional e ver se ela é funcional para a situação, e como eu disse antes, funcional para a situação é ter alcançado objetivo e no tempo previsto.

E esse tipo de pensamento eu aplico para os designers e ilustradores em geral, para que principalmente as HQs não percam credibilidade antes mesmo de poder mostrar para que veio!!!…

Gosto do Guia do Ilustrador, porque não é apenas uma lista de dicas, são procedimentos que todo ilustrador deveria se orientar, principalmente para regulamentar as condutas dos profissionais, principalmente nos casos de contratos (que eles reproduzem um modelo), como proceder se algo de errado acontecer, direito de reprodução e muito mais!!!

E o melhor é que o guia não é uma publicação estagnada, que não acompanha o tempo, ele está on line no endereço www.guiadoilustrador.com.br, onde o autor Ricardo Antunes mantém atualizado o guia, acesse e faça o download gratuito do guia.

Renato Lebeauguia,ilustração,ilustradorO guia não é uma notícia recente, mas é sempre bom reforçar a idéia de que ele existe. Com conceitos que passam por “O que é ser um ilustrador?”, “O que é uma ilustração?”, “Como montar o portifólio?” e etc. Além de literalmente ser um guia com links interessantes, livros, anuários,...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe