Acho que todos por aqui conhecem Arsène Lupin certo? Se não dá uma olhada na resenha da outra aventura dele que já fizemos por aqui no Impulso HQ.

Um resumo rápido: Arsène Lupin é apenas o ladrão de casaca mais famoso e admirado que o mundo já conheceu. Ganhou filmes, anime e musicais. É extremamente inteligente, engraçado e sedutor e ainda é um gentleman.

Em Arsène Lupin contra Herlock Sholmes, o segundo volume da série de Lupin da Zahar, ele travará um duelo épico com seu rival da literatura, o detetive Herlock Sholmes. Qualquer semelhança com Sherlock Holmes não é mera coincidência!

A edição de bolso da Zahar é extremamente luxuosa e apresenta cores lindas na capa. São dois contos muito divertidos que foram publicadas originalmente em novembro de 1906 na revista Je sais tout. O volume saiu em 10 de fevereiro de 1908 com as duas histórias modificadas (o epílogo sobretudo). Uma outra edição surgiu em 1914 com novas modificações e extras devido ao sucesso do embate.

Nas duas histórias conhecemos Herlock Sholmes, uma cópia evidente do detetive e obra máxima de Sir Conan Doyle, que em 1906 já fazia grande sucesso na França, com suas aventuras sendo publicadas lá desde 1902.

Os contos “A Mulher Loura” e “A Lâmpada Judaica” mostra os dois detetives lutando contra o tempo para mostrar quem é mais rápido, possui mais raciocínio lógico e dedução. O texto é integral e a tradução é os vencedores do Prêmio Jabuti , André Telles e Rodrigo Lacerda.

O conto La Dame blonde (A Dama Loura) divide-se em seis capítulos e nos mostra acontecimentos envolvendo uma dama loura e desaparecimentos misteriosos. O primeiro homem a ser chamado para resolver esse enigma é o detetive inglês Herlock Sholmes, o único capaz de enfrentar Lupin. Sholmes tenta de todas as formas encurralar Lupin, mas acaba caindo em uma série de peças.

Em La Lampe juive (A Lâmpada Judaica), o Barão Imblevalle, de quem roubaram uma lâmpada contendo uma joia preciosa, chama Herlock Sholmes para encontrá-la. Lupin envia uma carta ao detetive pedindo que não intervenha. Sholmes a ignora e vai para Paris com Wilson buscando uma revanche.

No começo do século 20, Sherlock Holmes era tão popular que alguns achavam tratar-se de uma pessoa real sendo biografada naquelas histórias e nesta coletânea, fica evidente a fascinação do autor pelo cérebro privilegiado de Sherlock, soando até como uma homenagem.

Lupin nunca precisou competir com Sherlock Holmes, que colecionava um público enorme de fãs, mas sim, passaram a dividir um mesmo público fascinado pelos crimes e soluções mirabolantes dos dois. Lupin, o ladrão-cavalheiro é um anti-herói maravilhoso e ovacionado e os leitores o adoraram ao longo dos anos.

O Impulso HQ recomenda que você chame Watson para te ajudar neste elementar caso de suspense!

Arsène Lupin contra Herlock Sholmes

Editora Zahar
Autor: Maurice Leblanc
Tradução: André Telles, Rodrigo Lacerda
312 páginas
R$ 34,90

http://impulsohq.com/wp-content/uploads/2018/01/Arsène-Lupin-contra-Herlock-Sholmes-1.jpghttp://impulsohq.com/wp-content/uploads/2018/01/Arsène-Lupin-contra-Herlock-Sholmes-1-150x150.jpgVini Moreirafora das HQsquadrinhosresenhasAndré Telles,Arsène Lupin,Herlock Sholmes,Maurice Leblanc,Rodrigo Lacerda,ZaharFacebook Twitter Instagram Youtube Acho que todos por aqui conhecem Arsène Lupin certo? Se não dá uma olhada na resenha da outra aventura dele que já fizemos por aqui no Impulso HQ. Um resumo rápido: Arsène Lupin é apenas o ladrão de casaca mais famoso e admirado que o mundo já conheceu. Ganhou...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe