52

Para o post de hoje sobre as entrevistas realizadas durante o FIQ!2009 separamos duas que não falam sobre lançamentos e sim de comportamento.

A primeira é com Naiara Flávia de Souza Ferreira, professora de educação física da escola municipal Luiz Gati de Belo Horizonte, que descreve como é importante eventos como o Festival Internacional de Quadrinhos receberem as escolas e como os alunos reagem as atividades envolvendo HQs e é claro às polêmicas que de vez em quando aparecem nas escolas.

Entrevistamos a professora por notar durante o festival principalmente na parte da manhã a presença constante de alunos nas oficinas, o que fica claro como quadrinhos incentivam e podem ser um excelente material didático.

A segunda entrevista é com Élcio Danilo Amorim, o Edra, que é o organizador do Salão Humor de Caratinga, Minas Gerais, e fala sobre as novidades que o público terá para esse ano, como a Casa Ziraldo e a Gibiteca Pula Pererê e como essa décima edição do salão será marcante porque com a inauguração desses dois espaços permanentes a cidade ganhará um espaço destinado para fomentar a parte artístico cultural.

Não deixe de conferir os links para as galerias de imagens do FIQ!2009 no fim do post!

Acompanhem as entrevistas:

Naiara Flávia de Souza Ferreira, professora de educação física da escola municipal Luiz Gati.

IHQ: Como é trazer os alunos para o FIQ!? Como foi a receptividade?
Naiara Flávia:
Para os alunos foi uma festa. Inclusive eles estão trabalhando, tem algumas turmas que direcionadas pela intervenção pedagógica estão tendo um estudo sobre quadrinhos, e se aprofundando no tema. Independente disso, os professores da área de português e leitura estão trabalhando também com a leitura de quadrinhos.

36

IHQ: Como que a escola reage com o tema quadrinhos como material didático?
Naiara Flávia:
Dentro da Escola Integrada eu vejo que está sendo muito utilizado nas aulas. Trabalhamos em forma de oficinas, sempre com muita utilização das histórias em quadrinhos. Os alunos gostam muito independente de qual. Eles lêem muito Turma da Mônica, que a escola tem assinatura e Asterix e Obelix.

IHQ: Esse ano teve algumas polêmicas envolvendo quadrinhos e escola, como os alunos reagem a isso?
Naiara Flávia:
Eu vi que os alunos, principalmente do ensino médio, eles têm muito o hábito de ler os quadrinhos que são considerados de conteúdo adulto, mas muitas vezes a escola consegue explicar para eles e trabalhar em cima do material. Se eles por acaso vêm conversar sobre a questão da leitura de quadrinho adulto, os professores principalmente de português tem muito argumentos com eles.

IHQ: Os alunos se interessam em produzir quadrinhos ou mais na leitura? Existe algum incentivo de se produzir quadrinhos dentro da escola?
Naiara Flávia:
Já vi anteriormente, inclusive eles já produziram quadrinhos em pano que está guardado na nossa biblioteca, e eu vejo muito mais a leitura por causa do mangá, eles vão para os eventos de anime e os monitores meus também gostam muito disso então acaba acontecendo todo um entrosamento.

IHQ: Há uma troca entre o aluno e o professor sobre as novidades de quadrinhos?
Naiara Flavia:
Eu vivencio mais isso porque os meus monitores não são professores, e sim estudantes estagiários ou moradores da comunidade, logo é muito próxima a idade deles com dos alunos, então vejo eles conversarem bastante sobre, figurinhas e os desenhos que estão passando na televisão, como Naruto.

______________________________

61

Élcio Danilo Amorim (Edra) organizador do Salão Humor de Caratinga (Minas Gerais)

IHQ: Fale um pouco sobre o Salão de Humor de Caratinga, o que o público pode esperar dele?
Edra:
Estamos na décima edição do salão e Caratinga é berço de grandes cartunistas e o maior expoente é o Ziraldo, então eu sempre digo que o Salão de Caratinga começou grande, justamente por despertar nos profissionais da área o interesse em participar de um salão da terra do Ziraldo, então já começamos com muitas inscrições com qualidade. Isso é um gancho que transforma Caratinga em um solo fértil para esse tipo de evento.

Hoje na décima edição a nossa maior conquista é a inauguração da Casa Ziraldo, que vai abrigar o acervo do cartunista e também a edição permanente do salão que vai ser tornar anual, e aonde vai abrigar também a gibiteca Pula Pererê.

Nesse espaço vai ser destinado para fomentar a parte artístico cultural da cidade, dando oportunidade para várias manifestações artísticas, sendo ela teatral ou musical, não será restrito a arte do cartum ou dos quadrinhos, será bem abrangente.

È uma grande conquista não só da cidade como também de toda a região do estado de Minas. È o salão mais antigo do estado e tem repercussão e credibilidade em todo o Brasil.

IHQ: Existe alguma surpresa nas categorias para essa edição de 10 anos?
Edra:
Todo ano fazemos uma caricatura temática, então tem cartum, charge e caricatura tema livre, e esse ano a temática é de Agnaldo Timóteo. Nós estamos com 21 mil reais em prêmios, junto com o tema, a inauguração da Casa Ziraldo e a gibiteca será a grande atração desse ano.
__________________________________

Confira as galerias de imagens sobre o FIQ! 2009:

Galeria 1 | Galeria 2 | Galeria 3 | Galeria 4

Renato LebeauquadrinhosÉlcio Danilo Amorim,Casa Ziraldo,Edra,Festival Internacional de Quadrinhos,FIQ,Gibiteca Pula Pererê,HQs,Luiz Gati,Naiara Flávia de Souza Ferreira,Salão Humor de CaratingaPara o post de hoje sobre as entrevistas realizadas durante o FIQ!2009 separamos duas que não falam sobre lançamentos e sim de comportamento. A primeira é com Naiara Flávia de Souza Ferreira, professora de educação física da escola municipal Luiz Gati de Belo Horizonte, que descreve como é importante eventos...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe