Um dos destaques no Rio Comicon foi a HQ independente Love Hurts, de Murilo Martins. O quadrinhista fã da banda R.E.M. – que aparece em algumas histórias – chamou a atenção do público com o seu fanzine-livro que traz pequenas histórias sobre amor, e com os seus pôsteres e telas de silk-screen com suas ilustrações e infográficos.

O Impulso HQ conversou com Murilo sobre a sua proposta para Love Hurts e a sua tendência para infográficos. Confira:

IHQ: Qual a sua proposta em unir quadrinhos com infográficos?
Murilo Martins:
Eu trabalho com design há 15 anos. Quadrinhos eu sempre produzi de modo muito esporádico. Fiz alguns fanzines na faculdade, depois fiz outros ao longo do tempo, mas de um jeito muito despretensioso. De um tempo pra cá comecei a pegar mais pesado com a produção de quadrinhos e comecei a misturar com as coisas que aprendi ao longo desse tempo. Como trabalho com design, em algumas histórias eu misturo quadrinhos com infográficos para conseguir o resultado que o público pode acompanhar na publicação.

IHQ: O infográfico pode ser mais um novo aliado aos quadrinhos em termos de linguagem?
M.M.:
Eu acho. Tem todo um histórico de gente que faz isso. O Chris Ware, por exemplo, é um cara que já faz isso há bastante tempo, e bem melhor que eu. Ele faz a história e não necessariamente é com os quadros. Se você começar a olhar, tem horas que você começa a ver uma sequência, e entender como as coisas funcionam.

IHQ: O que os leitores podem esperar de Love Hurts?
M.M.:
Love Hurts é uma HQ independente. É um fanzine que na verdade cresceu e está em sua terceira edição. Ele começou com uma namorada minha que também produzia fanzine e a gente fazia fanzines um para o outro. Brigávamos e fazíamos fanzines. Eu fui levando o projeto em diante e ele cresceu. Nesse momento ele é mais meu, mas a qualquer momento pode ser dela uma hora. Eu namoro ela, e tem até um texto dela no final da publicação. É um fanzine sobre o amor basicamente.

IHQ: Love Hurts é uma HQ para os apaixonados, ou para aqueles que se decepcionaram com o amor?
M.M.:
É para os dois. Todo mundo que se apaixonou ou amou qualquer pessoa, coisa, ou animal já se decepcionou com o amor! Em LoveHurts tem uma mini-história sobre o cientista que se apaixonou pela Laika, a cachorra que ia ser tostada destro de um foguete em órbita.  Mas a gente é teimoso e segue amando e se decepcionando!

IHQ: Você pretende manter Love Hurts no ciclo independente?
M.M.:
Eu estou mostrando sempre o meu trabalho para quem quiser ver. Faço contatos com editores e tudo mais. A princípio sou independente, eu gosto desse esquema, gosto da linguagem do fanzine e dessa liberdade. Gosto de conversar com os outros, mas é claro, o que pintar, eu vejo as possibilidades.

IHQ: Atualmente você se divide entre o design e os quadrinhos. Qual é a sua periodicidade para a produção de Love Hurts?
M.M.:
Eu trabalho com design. Eu quero que os quadrinhos tenham um pedaço maior na minha vida. Quero que eles sejam mais importantes e presentes, para que possa gastar mais tempo com eles, mas gosto muito de design também. Estou tentando mesclar as duas coisas, e acho que estou começando a conseguir, e estou achando bem interessante o resultado até agora.

IHQ: Quais são os seus próximos lançamentos?
M.M.
As pessoas pediram muito pelos outros volumes da LoveHurts, então me veio a idéia de fazer uma espécie de box com todos os 3 fanzines, mas por enquanto foi só o que pensei, não parei pra pensar mais a fundo em como fazer. Tenho na cabeça um argumento pra outra HQ (menos fanzine e mais mais HQ mesmo, diferente da LoveHurts), que em algum momento eu preciso sentar com calma e desenvolver o roteiro.

Ainda vou ficar um tempo divulgando a LoveHurts, porque não tenho editora e eu mesmo tenho que distribuir, então isso está tomando todo meu tempo.

_______________________________________________

Para conhecer mais sobre o trabalho de Murilo Martins acesse o site do autor muroblog.tumblr.com.

Renato LebeauentrevistasLove Hurts,Murilo MartinsUm dos destaques no Rio Comicon foi a HQ independente Love Hurts, de Murilo Martins. O quadrinhista fã da banda R.E.M. – que aparece em algumas histórias – chamou a atenção do público com o seu fanzine-livro que traz pequenas histórias sobre amor, e com os seus pôsteres e...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe