Eddie, Cammy e Coveiro

Ontem, aqui no Impulso HQ, os leitores acompanharam como foi o II Marvel Day, evento realizado no dia 28 de maio, em São Paulo, na loja Coleciona Brinquedos.

Para completar o post de cobertura colocamos hoje a entrevista realizada com Eddie, Coveiro e Cammy, os organizadores do MDay e editores do site Marvel 616, que em um bate-papo descontraído nos contam como foi a repercussão do evento, e as novidades par 2012. Lembrando que eles assumiram uma parceria com o Fest Comix na Arena Comix, onde eles ficaram responsáveis por trazerem quadrinhsitas para o evento. Entre esses nomes eles já confirmaram Mike Deodato Jr., e prometem outras novidades. Acompanhem:

Impulso HQ: Pelo que foi dito na abertura do evento o primeiro Marvel Day foi bem recebido e já tido como certo uma segunda edição. Vocês esperavam essa repercussão?
Cammy
: Esperar acho que sempre se espera, né? Mas eu, particularmente, sempre tenho um pé atrás com coisas novas… Depois que o primeiro acabou, porém, acho que deu pra ver que podíamos fazer mais, mesmo que fosse algo mais íntimo entre quem nos lê. Agora, como acabou sendo esse segundo, acho que eu não esperava não.

Eddie: No 1º MDay tiveram coisas muito interessantes acontecendo, como o Arthurzinho, que tinha vindo de Porto Alegre apenas para o evento, o Matheus pedindo autógrafos para gente e a própria entrevista com o Impulso HQ. Isso me fez pensar que podemos ser maiores ainda, temos público para isso, que curte nosso trabalho. Daí essa certeza que uma 2ª edição viria no futuro. Fora que nosso site, modéstia a parte, tornou-se referência a respeito de Marvel no Brasil, portanto, nada melhor do que sermos a ponte para unir tantos fãs.

Coveiro: Como falei na abertura deste segundo evento, pra quem esta na organização, no momento, fica muito difícil ter um balanço de como tudo saiu. A adrenalina é grande e sua cabeça esta dividida em gerenciar a palestra do momento, ficar atento no tempo e como receber o próximo convidado, além de se preocupar ainda com a documentação visual de tudo, já que queremos também que pessoas de mais longe que não puderam vir possam sentir como foi e se motivar a vir numa possível nova edição. Então, quando acabou estava todo mundo um caco, os Zumbis Marvel 616, e eu só pude sentir a repercussão depois com as resenhas positivas de sites, os palestrantes nos elogiando e dizendo que se divertiram e o boca a boca nos fóruns, twitters e afins de quem foi e não foi. E claro, o mais importante, um sinal positivo do Fernando, da loja Coleciona, que queria uma segunda edição. Daí, já considero vitória ter essa oportunidade de repetir o feito, para corrigir os defeitos e melhorar ainda mais o dia.

IHQ: O evento foi um sucesso de público. Na opinião de vocês, qual foi o motivo dessa receptividade para a segunda edição?
Cammy:
Primeiro, a divulgação que foi maior (dado tempo pra pensarmos e o que aprendemos com o primeiro), o fato de já sabermos como conquistar a atenção do publico, ajudou. As atrações em si, claro, eram um chamativo também. Segundo, acho que nosso próprio site está com maior público que quando fizemos a primeira edição, isso porque com a quantia enorme de filmes Marvel esse ano, as notícias não param e, conseqüentemente, os leitores não param de acessar e cada vez mais nos conhecer, e, assim, ficar sabendo do evento.

Eddie: Acredito que a 1ª edição foi muito boa, mas foi feita muito na amizade. Nesse ano tivemos um esquema mais profissional, contando inclusive com vários apoios. Fora isso, nosso número de acessos aumentou, como bem disse a Cammy, fazendo o anúncio do evento chegar até mesmo em sites que nunca imaginaríamos. E, com todos os Canais 616 e podcasts que gravamos, ficamos mais entrosados, o que deixou as apresentações muito mais orgânicas. Coveiro mesmo comentou depois do evento que parecia um grande Canal616.

Coveiro: Bom, antes de mais nada, vale ressaltar que na primeira edição, estávamos lutando contra fortes adversidades. O evento foi em Junho, porque precisávamos pelo menos de 2 meses para se organizar, e enfrentamos férias, auge das festas juninas e até jogos de Copa do Mundo. Daí, já imaginava que mesmo tendo bom público presente na primeira edição, aquele não era nosso maior potencial ainda. Acabado o evento, acho que o principal é juntar fotos, vídeos e tudo o que puder para mostrar o quão divertido foi aquele dia. Se as pessoas lamentam terem faltado, e isso aconteceu bastante ano passado, então sabemos que teremos algo a mais por aí. Além disso, como falaram a Cammy e o Eddie, a cada ano vamos galgando mais e mais leitores. Por fim, tivemos um baita pôster de divulgação. Eu não faltaria nunca um evento em que o Capitão América estivesse me convocando, né?

IHQ: O evento contou com o apoio comercial de marcas como Panini, Hasbro, Mundo dos Super-herois e da própria loja Coleciona. Como foi chegar nessas empresas e convencê-los a participar do evento?
Cammy:
Isso foi em grande parte mérito do Coveiro. Em geral, ele que tem as idéias mais mirabolantes e corre atrás, então acho que é melhor ele responder.

Eddie: Concordo.

Coveiro: Olha, nessa parte, não é algo muito diferente de qualquer convenção de qualquer área profissional. Primeiro, é preciso de gente que aposte na equipe e aí entrou o Fernando da Coleciona, que nós “cantou” nessa. Daí, segue algo padrão, é sentar por uns dois dias e elaborar um projeto com proposta, cronograma, parte financeira e tudo mais. Isso mostra pra qualquer anunciante ou parceiro que você realmente sabe o que está fazendo e tem plena maturidade pra encarar um evento. Já no primeiro Marvel Day, montei algo assim e consegui que a editora Europa da Mundo dos Super-Heróis apostasse na gente e isso foi muito bom. No segundo M-Day, eu já tinha além do novo projeto, um pequeno relatório de como foi o primeiro evento. Tudo isso foi avaliado pelo setor de Marketing da Hasbro e da Panini e após mais ou menos uma semana de avaliação tivemos nossa resposta. E mesmo o trabalho depois do evento continua, estou passando essa semana montando um relatório de tudo para repassar a todos os parceiros. Essa é a parte da responsabilidade que o Peter fala quando se ganha o poder…

IHQ: Ficou claro que a iniciativa de vocês foi bem recebida. A equipe recebeu até convite para participar da Fest Comix. Como vai funcionar essa parceria? Vocês ficarão responsáveis pela área de palestras do evento?
Cammy:
Acho que vocês vão ter que esperar pra ver, hehehe.

Eddie: Spoiler alert.

Coveiro: Acho que ‘como vai ser’ não tem problema em dizer, gente. Sim, vamos estar dando acessória na parte de palestras esse ano. O que combinamos com a loja Comix é que estaríamos atrás de alguns convidados e que a Marvel 616 estaria recebendo-os e gerenciando as palestras pelo menos de quem convidamos. Só não sei se estaremos cuidando de toda a Arena Comix, isso ainda não conversamos já que nem todas as atrações foram fechadas ainda.

IHQ: Quais as surpresas, fora o Mike Deodato, que vocês podem adiantar para os leitores do Impulso HQ?
Cammy:
Vocês estão querendo muito spoiler! Hahaha.

Eddie: Surpresa dita deixa de ser surpresa…hehehe. A única coisa que podemos dizer é que pretendemos ir além.

Coveiro: É, aqui chega na linha que não podemos cruzar. O que podemos dizer é que sendo um evento de temática muito maior, alguns dos nossos convidados necessariamente não estarão vinculados a Marvel. Daí, aguardem novidades a serem reveladas no nosso site ou até mesmo em algum próximo evento de quadrinhos que participarmos…

Ficou claro que vocês querem algo maior para uma próxima edição. Quais os planos para o III Marvel Day?
Cammy:
Antes de partirmos para os planos da próxima precisamos dormir e curar os calos nos pés desse sábado, né? Brincadeira, ainda está cedo pra planos concretos, o fato é que queremos sempre aprimorar, sempre crescer… e vamos atrás do que pudermos pra isso, esperamos que dê certo.

Eddie: Abriremos com Jon Favreau apresentando alguns itens usados em Homem de Ferro e falando sobre a experiência em dirigir os dois filmes. O bate-papo com os editores Panini continua, só que com link direto da sede da Marvel, onde o editor-chefe dará algumas opiniões. Por fim, Stan Lee em pessoa dando uma palestra e autografando as revistas da galera.

Cammy: Hahahaha…

Coveiro: Eddie, se alguém me cobrar isso para o ano, vou te bater. Falando sério agora. É muito cedo ainda para falar em atrações, já que estamos direcionando as atenções para a Fest Comix agora. Contudo, já vamos começar a lutar  por um espaço maior, pois ficou evidente que a Coleciona ficou pequena mesmo contando com os 150m² do espaço lá de baixo. Vou lutar próximo ano por um centro de convenções um pouco maior, com infraestrutura que comporte bem mais gente e dê espaço até mesmo para mais parceiros colocarem seus stands. E claro que isso é oneroso e só podemos conseguir com algum investimento de fora. É disso que tentaremos correr atrás antes de mais nada. Daí, depois, vamos começar a revelar a vocês o que pretendemos. Por enquanto, cruzem os dedos.

________________________________________________________

O Impulso HQ agradece a colaboração de Cammy, Eddie e Coveiro pela entrevista. E fiquem ligados leitores, a qualquer novidade que essa turma tiver aprontando estaremos de olho para passar em primeira mão quais serão as novidades dos próximos eventos.

Renato Lebeauentrevistascammy,coveiro,eddie,Marvel,marvel dayEddie, Cammy e Coveiro Ontem, aqui no Impulso HQ, os leitores acompanharam como foi o II Marvel Day, evento realizado no dia 28 de maio, em São Paulo, na loja Coleciona Brinquedos. Para completar o post de cobertura colocamos hoje a entrevista realizada com Eddie, Coveiro e Cammy, os organizadores do...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe