Jose_Eduardo_Cimo_abertura

José Eduardo Cimo durante os anos 80 e 90 produziu diversos fanzines que são verdadeiras enciclopédias sobre quadrinhos, tratando principalmente da HQ nacional.

Suas obras trazem ricas informações, muitas delas exclusivas.

Seu tratado sobre super-heróis brasileiros é o mais completo produzido até a presente data, catalogando cerca de 200 super-heróis nacionais publicados, sendo o pioneiro nas denúncias dos plágios internacionais que nossos personagens sofreram de similares estrangeiros.

Essa rápida entrevista aconteceu em 31 de janeiro de 2009 e permanecia inédita até agora. Acompanhem o bate-papo com o ótimo fanzineiro José Eduardo Cimó.

Rod Gonzalez: Primeiramente devo dizer sou um grande admirador de seu trabalho verbetando a HQ nacional, principalmente na obra “Heróis Nacionais”, o melhor do gênero já realizado no Brasil e que influenciou muito no trabalho que exerço atualmente na revista “Mundo dos Super-Heróis”.
José Eduardo Cimo:
Agradeço o envio do gibi do seu personagem Blenq, muito boa a qualidade do gibi, bem como o roteiro das histórias. Parabéns.

Sem dúvida os Heróis criados por você no que li no gibi também já deveriam fazer parte dos “Heróis Nacionais”, que lancei há muito tempo.

Jose_Eduardo_Cimo_1

R.G.: O senhor parou de produzir fanzines?
J.E.C.:
Faz bastante tempo que parei de fazer os fanzines, cheguei a mais de 20.
O último fanzine data de 1997, portanto estão alguns anos defasados, pois muitos heróis e personagens foram criados depois dessa data.

Jose_Eduardo_Cimo_4

R.G.: Quantos títulos você produziu?
J.E.C:
1- Maurício de Sousa (o meu exemplar tem autografo do Maurício de Sousa, que ficou surpreso com o trabalho e fez dedicatória).
2- Péricles e o Amigo da Onça
3- Tom Mix
4- Frank Frazetta
5- Jayme Cortez
6- Mazzaropi
7- Henfil
9- Al Capp
9- Carlos Zéfiro
10- Gedeone Malagola (meu exemplar com autógrafo dele).
11- Oscarito
12- Buffalo Bill
13- Luis Sá
14- Grande Otelo
15- Jack Kirby
16- John Wayne
17- Johny Comet
18- Heróis Nacionais
19- Hopalong Cassidy
20- Nico Rosso e seus personagens infantis
21- Cômicos Nacional

Jose_Eduardo_Cimo_2

R.G.: Nossa, que interessante! Quero muito adquirir os demais, pois só possuo o “Heróis Nacionais” e o do Gedeone Malagola. Ainda possui exemplares pra venda?
J.E.C.:
Já no tempo em que fazia os fanzines, quem fazia cópia e distribuía era o Edgar Guimarães que acredito o conheça, pois perdi o contato com ele há muito tempo. Se não tiver os fanzineiros mais antigos de São Paulo o conhecem.

R.G.: O senhor não tem vontade de voltar a produzir fanzines, agora com a facilidade da Internet?
J.E.C.:
Tenho saudades da época da produção dos fanzines, apesar da dificuldade que era conseguir o material e do valor do Xerox na época, bem como a qualidade da mesma.
Hoje com o computador tudo ficou mais fácil, a qualidade melhorou e barateou, pode até fazer colorido.

Jose_Eduardo_Cimo_3

R.G.: Exatamente, mas apesar das facilidades eletrônicas atuais, infelizmente faltam pessoas gabaritadas e com o conhecimento, tanto que ainda hoje os trabalhos que o senhor realizou há 10 anos atrás continuam os mais completos e a catalogação das suas obras nunca foram repetidas. Pena que poucas pessoas conheçam, já que esclarecem muitas fases obscuras da HQ nacional, principalmente mostrando com datas que muitos de nossos super-heróis foram criados antes de outros estrangeiros com características parecidas. Espero sinceramente que volte a produzir obras como essas já citadas. Vou tentar conseguir os exemplares que me faltam com o Edgar.
J.E.C.: Agradeço novamente o envio do seu gibi e fico lhe devendo os meus fanzines, que pode tentar arrumar com o Edgar. Se conseguir avise-me e me arrume o endereço dele também.

R.G.: Pode deixar que eu faço isso. Muito obrigado pela entrevista!

_________________________________

O Impulso HQ agradece mais uma vez a Rod Gonzalez por sua gentileza em enviar a entrevista e permitir que ela seja publicada.

Renato LebeauquadrinhosBLENQ,fanzines,Gedeone Malagola,gibi,Heróis Nacionais,José Eduardo Cimo,Mauricio de Sousa,Mundo dos Super-Heróis,XeroxJosé Eduardo Cimo durante os anos 80 e 90 produziu diversos fanzines que são verdadeiras enciclopédias sobre quadrinhos, tratando principalmente da HQ nacional. Suas obras trazem ricas informações, muitas delas exclusivas. Seu tratado sobre super-heróis brasileiros é o mais completo produzido até a presente data, catalogando cerca de 200 super-heróis nacionais...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe