Uma das grandes apostas da editora Nemo para este ano chega às livrarias e lojas de quadrinhos: Snoopy: A Felicidade é um Cobertor Quentinho!. O álbum marca a estreia no Brasil da série de novas HQs com uma das turminhas mais queridas dos quadrinhos mundiais.

Pela primeira vez, a tira de quadrinhos criada pelo norte-americano Charles Schulz ganha a forma de uma edição com história única. Adaptada de um novo especial de animação e também das tiras originais da série, esta versão em 80 páginas de HQ nos leva de volta à querida vizinhança em que encontramos Linus e suas inseguranças, as desventuras de Charlie Brown na tentativa de empinar uma pipa, o amor não correspondido de Lucy por Schroeder, além do cão beagle mais amado do mundo, Snoopy. Tudo isso, num vivo e colorido passeio pela imaginação de Charles Schulz.

Nesta nova história, Linus é forçado a deixar de lado seu querido cobertor por pressão de sua irmã, Lucy. Mas, após cair nas mãos da implacável menina, o estimado cobertorzinho azul acaba perdido. Sem seu cobertor de segurança, Linus sente na pele quanta falta ele lhe faz, e enfrenta uma verdadeira aventura para conseguir reavê-lo. No final, ainda será necessário mostrar a seus amigos que cada um deles também se apega a algo para enfrentar o mundo e se sentir mais seguro.

Com seu humor inocente, mas ao mesmo tempo reflexivo, esta nova HQ do cachorrinho que conquistou gerações vai agradar a crianças e adultos. A tradução é de Wellington Srbek, editor e roteirista ganhador de vários prêmios nacionais.
Com seu humor inteligente e humano, Snoopy: A Felicidade é um Cobertor Quentinho! é parte da linha “Quadrinhos para todos”, prometendo conquistar antigos e novos fãs de Snoopy e sua turma. Ainda para este ano a editora Nemo promete o segundo título da série, Snoopy: Isto é Tóquio, Charlie Brown!

Charles M. Schulz uma vez descreveu a si mesmo como alguém “nascido para desenhar tiras de quadrinhos”. Nascido em Minneapolis, ele e seu pai compartilhavam um ritual nas manhãs de domingo: ler os quadrinhos de humor. Depois de servir no exército durante a Segunda Guerra Mundial, a primeira grande oportunidade de Schulz veio em 1947, quando ele vendeu para o St. Paul Pioneer Press a série de cartuns intitulada “Li’l Folks”.

Em 1950, Schulz se juntou ao United Feature Syndicate, e, em 2 de outubro daquele ano, a tira “Peanuts” (mais conhecida no Brasil como “Snoopy”) estreou em sete jornais. Charles Schulz morreu em Santa Rosa, Califórnia, em fevereiro de 2000, poucas horas antes que a última tirinha desenhada por ele circulasse nos jornais de domingo.

Snoopy: A Felicidade é um Cobertor Quentinho!

Editora Nemo
Autor: Charles Schulz
Tradução: Wellington Srbek
17 x 26 cm
88 páginas
R$ 28,00

Renato LebeauquadrinhosA Felicidade é um Cobertor Quentinho,Charles Schulz,Nemo,Snoopy,Wellington SrbekUma das grandes apostas da editora Nemo para este ano chega às livrarias e lojas de quadrinhos: Snoopy: A Felicidade é um Cobertor Quentinho!. O álbum marca a estreia no Brasil da série de novas HQs com uma das turminhas mais queridas dos quadrinhos mundiais. Pela primeira vez, a tira...O Impulso HQ é um site dedicado à cultura geek e traz, diariamente, novidades sobre quadrinhos, cinema e games, além de conteúdo em vídeo. Somos nerds a serviço do seu entretenimento. Bem-vindo!
Compartilhe